sexta-feira, 31 de outubro de 2008

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Mais um selinho!

A Isabella presenteou o brazil nut com esse selinho fofo, aí em cima, criado para editores de blog que tratam muito bem seus colegas e blogs que conquistam corações. Awww, que coisa mais fofa!! Adorei isso. Obrigada, Bella!

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Bolinhos de lentilha

Esse prato eu fiz me baseando numa receita do blog Veg Cooking. Eu tinha na geladeira, sobras de arroz com lentilhas e usei 2 xícaras e 1/2 da mistura já pronta. Além disso, eu não tinha alguns ingredientes que a receita original pede e incluí outros. Também não fiz o molho da receita original. Servi os bolinhos com salada e guarneci com cebolinha picada. Enfim, improvisei legal - coisa que eu nunca tive muito a manha de fazer - e o resultado ficou muito saboroso.

1 xícara de lentilhas cozidas e escorridas
1/2 cebola picada
1/2 pimentão verde picado (eu não tinha verde, usei vermelho)
1/2 aipo picado
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1/4 de xícara de mostarda Dijon
2 colheres (sopa) de sumo de limão
1/2 punhado de salsinha fresca picada
2 xícaras de arroz cozido
Sal a gosto
1 xícara de farinha de rosca

Salteie numa frigideira com o azeite, a cebola, o pimentão e o aipo, até que a cebola fique dourada.

Numa tigela média, misture a lentilha a essa mistura que você salteou, junte a mostarda, sumo de limão, salsinha, arroz e sal. Misture tudo muito bem. Aqui eu acrescentei 1/3 de xícara de farinha de soja, porque achei que daria uma liga melhor. E funcionou bem. Tambem usei bastante pimenta-do-reino que eu e R adoramos.

Faça pequenos bolinhos com essa mistura (você pode usar o formato que quiser: bolotas, burguers, filezinhos). Passe-os na farinha de rosca e leve à geladeira por uns 10-15 minutos.

Frite cada bolinho até que fique dourado.

Servimos com uma salada de alface, cenoura, beterraba, pepino e brotos de alfafa. Esse bolinho é muito versátil. Dá tranquilamente pra fazer um sanduíche delícia no pão de hamburguer (ou outro pão que você prefira) com alface, tomate, cebola, etc. Outra idéia e servi-los com a sua massa favorita e um molho marinara. Com spaghetti deve ficar um absurdo!

Mais uma receitinha deliciosa e 100% livre de crueldade!

Via Veg Cooking Blog

sábado, 25 de outubro de 2008

Questionário

Vi no blog A Vegan for Dinner e resolvi responder.

1. Que chá você bebeu ultimamente?

Putz, eu não gosto de chá. Pode isso? Desculpem, adoradores de chás, prometo tentar de novo, mas sério, nunca gosto do gôsto. Acho que porque minha mãe servia chá pra gente quando eu e meus irmãos, ainda pequenos, ficávamos doentes. Aí já viu, virou uma coisa "remédio" no meu inconsciente.

2. Quais foruns de discussão sobre veganismo você participa e qual nome você usa?

Já participei muito pouco. Nem lembro de qual. Não dá tempo, meu!

3. Você tem que comer tofu no jantar e tem que ser um prato italiano. O que vem à mente de cara?

Spaghetti com molho marinara e filézinhos de tofu grelhados pra acompanhar.

4. Quantos blogs veganos você lê por dia?

Depende do dia. Minha média é 8 ou 10. Adoro food porn!

5. Além do seu, qual blog vegano você leu mais recentemente?

O blog Just the Food. Fiquei doida pra tentar fazer burger roll ups, mas não sei se seria capaz.

6. Se você pudesse visitar um/a blogueiro/a vegano/a (que você ainda não conhece), quem seria?

Resposta facílima! Duas estão no topo da minha lista de gente vegana com quem eu ADORARIA bater papo: a Adriana e a LindyLoo.

7. Se você tivesse que basear seus jantares por uma semana em só um dos ingredientes da santíssima trindade: tofu, seitan ou tempeh, qual seria?

Seitan!! Hands down.

8. Se você tivesse que usar um deles numa briga, qual seria?

Hehe, acho que tempeh. Porque parece sólido, mais duro que os outros.

9. Agora diga 3 refeições que você faria com essa proteína que acaba de escolher.

Putz, ainda tô aprendendo a fazer coisinhas com tempeh, mas pelo menos faria nuggets marinados e talvez um sanduba recheado com tempeh e hummus.

10. Que receita da blogosfera vegana você anda de olho ultimamente?

Acho que as tantas receitas de lingüiça que estão pipocando por aí. Vamos fazer e publicar aqui pra todo mundo aprender direitinho.

11. Você tem alguma peça de roupa com mensagem ou marca vegana?

Tenho um blusão que diz "Peta: "People for the Ethical Treatment of Animals"; uma camiseta que diz "vegan"; um avental de cozinha que diz "vegan" e uma camiseta que diz "My dog is a rescue".

12. Você já fez a sua peregrinação à meca vegana (Portland)?

Ainda não.

13. Com que idade você se tornou vegana?

Passei 16 anos sem comer outra carne que não fosse peixe e frutos do mar. Três anos atrás eu parei com qualquer tipo de carne. Ano passado, quando entendi finalmente a crueldade que sofrem as galinhas poedeiras e as vacas leiteiras, eu parei com ovos e laticínios. Já não usava couro nem pele, nem consumia mel. Aos 37 anos fiz a escolha moral que mudou minha vida pra melhor (e minha saúde também).

14. Qual foi a pior refeição vegana que você já comeu? Quem cozinhou?

Não consigo pensar em nenhuma. Desde os pratos mais simples como salada ou legumes grelhados, até os mais elaborados, R sempre cozinha que é uma maravilha. Sou privilegiada!

15. O que fez você decidir criar um blog vegano?

Assim que me tornei vegana, percebi como era fácil e quis explicar em português todas as receitas que a gente faz aqui em casa. Vi que havia uns 500 blogs em inglês e só um punhado em português. Precisava que os brasileiros vissem que é mais simples do que se pensa.

16. Quais são as receitas que você mais gosta de preparar?

Rolinhos de verão, sushi, crepes e sanduichinhos de pepino.

17. Que prato você levaria pra uma festa de Ação de Graças?

Cogumelos recheados ou salada de batatas.

18. Qual a sua refeição vegana favorita num restaurante?

Acho que são os croquetes do Ozu. Quase sempre peço. São magníficos.

19. Qual você acha que é a melhor rede de restaurantes veganos pra jantar?

Blossom. Mas também gosto muito do Zen Palate.

20. Minha cozinha precisa de……… uma maquininha de fazer sucos, mais espaço pra guardar todas as minhas maquininhas, um/a ajudante de limpeza.

21. Esse legume é proibido na minha cozinha……… Quiabo. Nojento.

22. O que tem pra jantar hoje?

É sábado e R comprou uma Amy's Vegan Pizza. Adoramos.

23. Componha o seu sanduíche vegano agora.

Patê esperto, muita alface e tomate.

24. O que você mais está a fim de fazer agora?

Acabei de acordar, então adoraria ir até a Absolute Bagels, uma padaria de bagels sensacional aqui perto de casa, e comer um bagel integral com tofutti cream cheese e tomar um cafezinho bom. Mmm...

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Alimentos ricos em Ferro

Eu já disse isso aqui, mas não custa repetir. Sem Ferro, tanto veganos quanto vegetarianos ou onívoros podem contrair anemia. A deficiência de ferro também pode desacelerar o crescimento nas crianças. Vegetarianos e veganos podem obter ferro de alimentos folhosos verde-escuros, como agrião, couve, cheiro-verde; legumes (feijões, fava, grão-de-bico, ervilha, lentilha); grãos integrais ou enriquecidos; nozes e castanhas e açúcar mascavo. Também existem alimentos fortificados com ferro, como farinhas de trigo e milho, cereais, etc. A presença de ácido ascórbico, disponível em frutas cítricas melhora a absorção do ferro proveniente dos vegetais, como: brócolis, beterraba, couve-flor e outros. Existem também alguns fatores que podem inibir a absorção do ferro, e eles estão presentes no café, chá, mate e cereais integrais.

A quantidade diária de Ferro recomendada para adultos varia de 10 a 18mg.

Aqui estão alguns alimentos ricos em Ferro e as quantidades:

10 ameixas secas - 2.4 miligramas (mg)
1/2 xícara de passas - 1.7 mg
1 xícara de espinafre cozido - 4 mg
1 xícara de acelga cozida - 3.2 mg
1 xícara de mini-abóbora (ou abóbora-menina) assada - 1.4 mg
1/2 xícara de feijão fradinho cozido - 3.8 mg
1/2 xícara de lentilha cozida - 3.4 mg
1/2 xícara de feijão-de-lima cozido - 2.9 mg
1 xícara de quinoa cozida - 5.3 mg
1 xícara de millet (ou painço) cozido - 2.2 mg
1 colher (sopa) de melaço - 2.3 mg
1 colher (sopa) de levedura nutricional - 1.4 mg
1/4 de xícara de alga nori - 5.6 mg

Via Vegetarian Times, o livro.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Espetinhos de seitan

Baseados em receita do blog Vegan Dad. Também chamados de "nuggets do Bem". :)

No Brasil é mais difícil encontrar seitan pronto. Aqui é fácil, mas mesmo assim, não é difícil prepará-lo em casa, e sai BEM mais barato, claro. A receita básica pra fazer seitan caseiro está aqui. Pra preparar os espetinhos, basta cortar o produto final em cubos ou nuggets do tamanho dos da foto abaixo. E separá-los.

Pra enrolar os nuggets:

- 2 xícaras de farinha de rosca
- 2 colheres (chá) de levedura nutricional (amasse-a com os dedos pra que vire quase um pó)
- 1/4 de colher (chá) de turmérico
- 1/2 colher (chá) de páprica
- 1 colher (chá) de semente de linhaça em pó
- 1 xícara e 1/2 de leite de soja
- 1 colher (chá) de azeite de oliva
- 1 colher (chá) de vinagre de maçã
- 1 pitada de sal

Misture a farinha de rosca, a levedura nutricional, turmérico e páprica numa tigela. Em outra, separada, misture a semente de linhaça em pó, leite de soja, azeite, vinagre e sal.

Pré-aqueça o forno a 200 graus centígrados. Prepare uma fôrma com papel laminado e sobre ele um pouquinho de azeite.

Mergulhe cada nugget na mistura de leite de soja e em seguida na mistura de farinha de rosca e assim que fizer isso com todos os nuggets, repita a operação, mergulhando de novo, um a um na mistura de leite primeiro (deixando absorver bem) e em seguida na mistura de farinha de rosca (pressionando bem o nugget pra obter uma camada grossa).

Coloque-os agora nos espetinhos e ponha os espetinhos preparados, lado a lado, na fôrma. Leve a fôrma ao forno por 10 minutos, vire-os e asse-os por mais 10 minutos. Então, vire-os de novo pra assar por uns 4 minutos, e finalmente, vire-os mais uma vez, pra mais 4 minutos dentro do forno. Retire quando estiverem dourados.

Sirva como quiser. Nós preparamos uma saladinha básica com alface, cenoura e pepino picados e também um molho para os nuggets, à base de soja, alho, gengibre e óleo de gergelin.

Se você deixar os espetinhos esfriarem um pouco antes de servi-los, eles estarão perfeitos, com uma textura firme e gostosa de mastigar.

Clicando em "espetinhos", aqui embaixo ou na barra da direita, você encontra outras receitas no mesmo estilo. Eu ADORO espetinhos. :)

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Maquiagem do Mal / Evil Make-up

Todo ano 6 milhões de animais são mortos por causa de testes feitos pela indústria de cosméticos. Por favor, boicote produtos testados em animais.

Clique aqui pra ver a lista de marcas brasileiras que TESTAM em animais.

Clique aqui pra ver a lista das marcas brasileiras que NÃO fazem testes em animais. Abaixo, as listas de marcas internacionais.


Every year 6 million animals are killed from cosmetic testing. Please boycott animal-tested products.

Here's a list of international companies that DO TEST.

Here are the international companies that DO NOT test.


Via Animal Liberation & PEA

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Cookies veganos

Pra adoçar um pouco a vida, nada mais simples e delicioso que cookies veganos. E aqui está um ótimo exemplo de substituto para ovos em receitas doces: óleo de canola.

Tentei colocar nos ingredientes abaixo uma quantidade suficiente pra fazer pelo menos uma fôrma grande ou duas de cookies, mas na verdade chutei todas as medidas. Eu sempre uso menos açúcar do que as receitas pedem e quando acho que algo está muito melado ou mole demais, acabo pondo mais farinha. Use você também a sua intuição e experiência.

Ingredientes:

1 xícara de farinha
1/2 colher (chá) de sal marinho
1 colher (chá) de fermento
1/4 xícara de margarina vegana
1/4 xícara de açúcar mascavo ou demerara
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher e 1/2 (sopa) de melado ou o que a gente chama aqui de "maple syrup"
2 colheres (sopa) de óleo de canola
150-200 gramas de chocolate chips semi-doces (ou meio-amargos)

Modus operandi:

• Pré-aqueça o forno a 180 graus Celsius.
• Numa tigela pequena, misture a farinha, o sal e o fermento.
• Numa tigela média, misture a margarina, o açúcar, a baunilha, o melado e o óleo de canola. Acrescente a mistura seca e mexa bem. Adicione os chocolate chips e misture de novo.
• Coloque em colheradas as porções pequenas na fôrma, como na primeira foto (numa superfície com um pouquinho de óleo, pra não grudar no papel laminado) e deixe assar por uns 10 minutos, checando de vez em quando (tem gente que prefere mais molinho, outros preferem mais dourado e crocante). Deixe esfriar por uns 10 minutos antes de servir.

Com café é uma delícia!

Olha só esse vídeo ensinando a fazer os mesmos cookies (em inglês):

Mais um mimo pro blog!

A Carla presenteou mais uma vez este singelo blog com um selinho. Obrigada, Carla, pela presença constante e pelo carinho!

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

O último banho

No seu próximo banho, imagine que ao sair do chuveiro você receberá um tiro de pistola pneumática bem no meio da sua testa. Você ficará atordoado, quase morto, mas ainda assim vai estar vivo enquanto alguém vai lhe abrir o peito com um facão para que seu sangue escorra pelo ralo do banheiro. IMAGINOU?

Post copiado inteirinho do blog do Fabio Paiva.

sábado, 11 de outubro de 2008

Cafe Viva

Eu digo que Nova York tem tudo... Pizzaria e casa de massas vegetariana, vegana e kosher e aqui pertinho de casa! Essa rede já existe há anos, mas só há pouco descobrimos.

Dessa vez escolhemos a pizza Tutta Verde. Os ingredientes, como mostra a foto acima, são: molho pesto, pimentões verdes, brócoli, abobrinha e espinafre. Tudo verde! Pelo cardápio deles, você pode ver que as opções de massas e molhos são infinitas. E você pode acrescentar ao seu prato os ingredientes que quiser, como carne de soja, queijo de soja, tofu, azeitonas, seitan, cogumelos, tomates secos, alcaparras, etc.

Pizza de palmeirense. ;)

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Proteínas completas e incompletas

Proteína é feita de aminoácidos. Há 9 aminoácidos essenciais que nós precisamos obter dos alimentos que ingerimos. Produtos animais como carne, laticínios e ovos contêm quantidades grandes dos 9 aminoácidos essenciais e são considerados "proteínas completas". Entretanto, alimentos animais também contêm altas quantidades de colesterol e gordura saturada, que provocam em você um risco maior de desenvolver doenças coronárias, câncer, hipertensão e diabetes. Na verdade, proteína demais pode danificar seu coração, rins e ossos. Quando você se alimenta de uma dieta de carne, laticínios e ovos, é fácil obter proteína demais, o que é mais uma razão pra você obter sua proteína das plantas.

Com exceção dos grãos de soja, que são uma proteína completa, alimentos vegetais individuais são "proteínas incompletas", porque eles não contêm um equilíbrio perfeito de todos os aminoácidos essenciais. Porém, quando você ingere uma variedade de alimentos vegetais durante o dia, ao final dele as quantidades variadas de aminoácidos nos alimentos acabam se combinando e produzindo proteínas completas. Alimentos vegetais têm ainda o benefício extra de ser naturalmente livres de colesterol, ricos em fibras e carboidratos complexos, e conter pouca gordura.

Via Vegan Planet, um livro excelente da Robin Robertson. Tradução livre minha.

domingo, 5 de outubro de 2008

Abobrinha recheada

Essa abobrinha linda gigante foi comprada no mercado livre local - aquele que eu já tinha comentado aqui.

R preparou um delicioso arroz integral misturado com um pouco de arroz selvagem e separou. Numa frigideira, ele salteou em azeite de oliva, um pouco de cebola picada e pimentão amarelo e cor-de-abóbora picados. Com uma colher, ele raspou cuidadosamente o centro de cada metade da abobrinha, sem raspar demais senão ela quebra, e colocou esse recheio na frigideira onde estavam a cebola e o pimentão e deixou saltear mais um pouquinho, misturando tudo muito bem.

Depois, essa mistura vai pra panela do arroz e tudo é misturado devagarinho em fogo baixo por uns 5-8 minutos. Agora, recheie cada metade da abobrinha com essa mistura e leve ao forno médio-alto por uns 20 minutos. Pronto!

Servimos com uma salada de tomates amarelos, azeitonas, cebola picada, abacate cortado em pedacinhos e endro fresco picado. Adicionar uma erva forte como endro ou manjericão, erva-doce, oregano, salsinha... deixa qualquer salada muito mais saborosa. Lembre-se disso.

Bom domingão!

sábado, 4 de outubro de 2008

Amor à Arte? Seriously?

O abuso de animais é uma coisa que me deixa doida, descompensada, fora de mim. Todo mundo sabe disso. A última que li foi sobre um "artista" belga chamado Wim Delvoye, que tatuou esses dois pobres porcos da foto acima com logos da marca Louis Vuitton e outros 8 porcos com símbolos variados. Ah, se eu pego esse Delvoye...

Eu tenho (até o momento) cinco tatuagens e posso dizer por experiência própria que dói e dói pra burro. Se a tattoo for grande, então, tem gente que até desmaia. Eu escolho por livre e espontânea vontade fazer ou não tatuagens no meu corpo. Os pobres animais que esse cretino usou, não tiveram escolha. Você vê pela foto que esses pobres bichos sofreram mais de 30 tatuagens cada um, sem anestesia, sem compaixão. Não é pra encher de porrada um cretino que faz isso com os bichos? Que vontade de esganar, meu.

Via Fish and Chimps, o blog do PETA na Europa.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Legumes ao curry

Com arroz de jasmin...

Use uma frigideira funda ou uma panela wok pra saltear em azeite e alho bem picadinho os legumes que você escolher. Dessa vez usamos grãos-de-bico (previamente cozidos), espinafre e cogumelos (numa versão bem indiana). Use sal e pimenta pra dar gosto. Quando os legumes estiverem macios, adicione uma lata de leite de côco e duas colheres de sopa de curry em pó. Misture tudo ainda na frigideira e retire do fogo quando os legumes estiverem no ponto- macios, mas não moles.

Eis um prato simples, mas exótico e delicioso. Impressione a galera você também!

Pra ver outras receitas nossas com curry, clique ali embaixo em "curry".

E que o mês de outubro traga mais compaixão e amor pelos animais desse mundo!

Posts similares

Related Posts with Thumbnails