domingo, 17 de janeiro de 2010

Veganos e a mídia - do lado de cá

O veganismo felizmente tem conseguido um espaço cada vez maior na mídia, aqui nos Zuza. Ano passado foi o ápice. Nunca antes esse tema ganhou tanta atenção nos programas de TV, jornais e revistas por aqui.

O chef e autor vegano Tal Ronnen apareceu no programa da Oprah Winfrey e as vendas de seu recente livro "The Conscious Cook" (Algo como "O Cozinheiro Consciente") explodiram ao ponto de torná-lo o terceiro livro mais vendido no site amazon.com. Logo em seguida, o mesmo livro entrou pra lista de bestsellers do New York Times e ali ficou por 3 semanas seguidas.

Em novembro passado, a mesma Oprah convidou o casal Ellen DeGeneres e Portia De Rossi pra comemorar o lançamento da edição de dezembro de sua revista - que trouxe a apresentadora Ellen na capa. Ellen foi a segunda pessoa a dividir a capa da revista com Oprah e a única vegana a fazer isso (a primeira tinha sido a primeira-dama Michele Obama).

Em seu próprio programa, Ellen DeGeneres trouxe seu chef particular, Roberto Martin, pra demonstrar como preparar um jantar vegano nutritivo.

A atriz Natalie Portman participou do reality show Top Chef e desafiou os participantes a criarem uma refeição vegana deliciosa.

A tripulação do navio Sea Shepherd foi imortalizada, e completamente zoada, como personagens do desenho South Park.

O seriado Bones que tem como atriz principal e produtora a vegana Emily Deschanel, levou ao ar um episódio com imagens reais de uma fazenda-matadouro de galinhas. A personagem interpretada por Emily é vegetariana por motivos de saúde e um dos personagens principais decide resgatar um porquinho. As condições grotescas com que as galinhas e os empregados de fazendas-matadouros convivem foi mostrada com ênfase nesse episódio.

E, finalmente, a mídia impressa falou (e continua falando muito) do novo livro de Jonathan Safran Foer, intitulado Eating Animals ("Comendo Animais). As críticas feitas, tanto pelo New York Times quanto pelo Huffington Post, têm levado muita gente a pensar se deve continuar se alimentando de animais.

É muito importante que esse assunto esteja e continue na boca do povo. Quanto maior a repercussão aqui, maior será também no resto do mundo. E é só através da informação que as pessoas podem descobrir mais e mais sobre os horrores das indústrias da carne e de laticínios e tudo o que eles tentam abafar e esconder de seus próprios consumidores. Quanto mais informação atingir o público, mais este vai poder decidir e fazer a escolha certa, que é a de tornar-se vegano e não mais participar da carnificina que assola o mundo inteiro e que faz com que animais sejam torturados, florestas devastadas e a fome destrua o planeta de forma tão violenta e inaceitável.

----

Informações via Revista Veg News. Edição de Jan-Fev/2010.

9 comentários:

Gabriel disse...

que bom! eu vi esse chef na oprah e achei sensacional tudo que ele tinha para falar. o mais importante de gente como ele é encarar toda a filosofia vegana como lógica e, também, normal. não dá pra aguentar vegano que vira pastor de igrejo querendo de evangelizar, né? eu tive uma amiga vegana por perto que, sem chatice e aos poucos, mudou minha vida completamente. assim que deve ser :D

Isabela disse...

Oi Andrea, muito bom o post!

Aqui no Brasil ainda engatinha, mas já está começando a aparecer um pouco mais.

Só pra complemetar a irmã da Emily Deschannel, a Zooey (irmã dela e fofíssima atriz do 500 days of summers) também é vegana.

A Zooey inclusive tem alergia a outros alimentos, então ela é vegana por opção além de soy-gluten-free por necessidade.

Acho que tem um episódio do Top Chef onde precisam cozinhar pra ela - não lembro bem se é o Top Chef, pq eu vi pelo Youtube.

Beijos!

Juliana disse...

adorei as informações!
bjs

Daniela Lima disse...

Quanto mais espaço na mídia, mais pessoas estarão se informando e pensando em modificar seu hábitos alimentares!

Isis disse...

Maravilha!!!
E, como brasileiro adora copiar americano, excelente maravilha!
Obrigada pela informação. Coisa boa de vez em quando é bom.

Miss Slim disse...

Muito Bom seu post, eu ainda não sou completamente vegana, mas lá chegarei :)

E a beringela milanesa, um must mesmo :) ainda bem que vc gostou :)

Bjo

Andréa N. disse...

Gabriel, é verdade - com cuidado, respeito e educação a gente vai longe.

Isabela, eu não sabia que a Zooey também era vegana. Excelente.

Loan disse...

Ótima matéria! Andréa, você pode divulgar este vídeo que legendei recentemente?

Da utilidade dos animais / On the utility of animals
http://www.youtube.com/watch?v=AZKuNEkTQa8

Para ver com as legendas, é só apertar no canto direito, a setinha. Abraços

Andréa N. disse...

Muito bom, Loan!!

Posts similares

Related Posts with Thumbnails