domingo, 9 de maio de 2010

Nesse Dia das Mães, pense também nas vacas.

Nessa data especial em que se comemora o amor mais puro do mundo, eu gostaria de lembrar da mãe vaca, símbolo mundial da maternidade.

Nos anos 40, a média de leite por vaca numa fazenda-fábrica de leite era de 2.3 toneladas por ano. Hoje, a média de leite retirado anualmente de cada vaca nesses lugares já passou de 30 toneladas. Essa alta produção de leite frequentemente leva ao colapso do animal, levando-o ao abate muito cedo.


Não é lucrativo manter as vacas vivas quando sua produção de leite declina. Elas então  são mortas geralmente aos 5 ou 6 anos de idade, quando sua média normal de vida seria de mais de 20 anos.

Atenção você que não come carne, mas não quer abrir mão do milk shake, chocolate ao leite, iogurte e queijinho quente: o destino final de vacas leiteiras é o abate pra que sua carne seja também “aproveitada”.

Durante suas vidas exaustivas, as vacas leiteiras são diariamente confinadas, têm partos forçados, são superalimentadas e injetadas com antibióticos e hormônios.

VACAS LEITEIRAS SÃO MÃES. Para que produzam leite, elas têm que estar grávidas. E para que façam isso sem parar, durante toda a sua vida, as vacas nas fazendas-fábricas são CONTINUAMENTE emprenhadas.

Os bezerrinhos são separados de suas mães nas primeiras 24 horas de vida. 50% deles nunca mamarão em suas mães.


Destino da maioria dos bezerros machos aos 4 meses de idade: baby beef. Se forem fêmeas, essas vaquinhas já terão automaticamente o mesmo destino escravo de suas mães.

A maioria do gado de abate é criada em escala industrial. Tratados como objetos, esse animais prestes a virar comida são forçados por meses, até anos, a permanecer em locais escuros, apertados e superlotados.

As vacas são muito parecidas com os humanos no sentido de que sentem dor, medo, querem preservar suas vidas, e têm tanto (ou mais) cuidado com suas crias quanto nós. A natureza delas é viver em liberdade.

Nesse dia das mães, faça uma homenagem a TODAS elas e comemore com uma decisão que vai mudar a sua vida pra melhor. Não participe mais do horror que é o uso e a tortura de animais.

Seja vegano - pelos animais, pelo planeta, e pela sua saúde.

------------------

*Publiquei esse post no Animalista faz 2 dias, mas o blog da MTV está fora do ar por motivos técnicos, então resolvi publicar aqui também. Feliz Dia das Mães!

3 comentários:

Juliana disse...

ótimo post andréa :)
bjs

Miss Jhonny Lee disse...

Olá querida! Passa lá no meu blog que estou sorteando um perfume MISS DIOR de 30ml! ISSO MESMO! Bjs e te espero lá! ;****

Guilherme Carvalho disse...

Legal Andréa!! Parece que tivemos a mesma idéia no dia das mães =) Não por acaso - afinal, que mães mais sofrem neste mundo?

Um abraço!

Guilherme

Posts similares

Related Posts with Thumbnails