sábado, 8 de maio de 2010

Usando e abusando dos óleos vegetais

Os óleos vegetais usados na cozinha podem servir a nossa saúde de várias maneiras.

Óleo de linhaça: rico em omega-3, reduz inflamação, ajuda a prevenir artrite e doenças do coração, e diminui constipação. Melhor uso: não serve pra cozinhar. Adicione o óleo a vitaminas (smoothies), ponha umas gotinhas sobre a comida ou use como tempero pra saladas (é o que eu faço).

Óleo de côco: contém ácidos graxos, que contêm propriedades antivirais e antimicrobiais e melhora a função imunológica. Melhores usos: saltear alimentos em fogo médio, alternativa a margarina, manteiga, e pra assar alimentos no forno em fogo médio.

Azeite de oliva: tem o maior conteúdo de gordura boa para o coração do que qualquer outro óleo. Seus poderes antioxidantes ajudam a prevenir contra o câncer. Melhores usos: saltear alimentos em fogo baixo, tempero pra saladas e molhos.

Óleo de cânhamo: contém uma quantidade balanceada de omega 3 e 6 e ácidos gama-linoleico (AGL) e estearidonico (STD) que ajudam a aliviar problemas na pele. Melhores usos: saltear alimentos em fogo baixo ou médio, tempero pra saladas e marinados.

Óleo de nozes: pode diminuir o risco de doenças do coração; rico em antioxidantes, contém melatonina (que regula o seu relógio interno). Melhores usos: saltear alimentos em fogo médio, assar, imergir, tempero pra saladas, fritar.

Óleo de canola: rico em ácidos alpha-linoleicos omega-3 e linoleicos omega-6, que ajudam a prevenir doenças do coração. Melhores usos: assar no forno em fogo médio, saltear, grelhar, tempero pra saladas e fritar.

Óleo de semente de uva: excelente fonte de vitamina E antioxidante e omega-6. Melhores usos: fritar em fogo médio e saltear alimentos, tempero pra saladas.

Óleo de abacate: gorduras monoinsaturadas ajudam a reduzir o risco de ataque cardíaco, câncer e diabetes; diminui o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom. Melhores usos: saltear em fogo alto, imergir, fritar, grelhar e tostar.

---------

*Informações obtidas na Revista Natural Health deste mês. Tradução livre minha.

3 comentários:

Gabi disse...

Dedé, muitos produtos de limpeza também são testados em animais, como você sabe.
Aqui na França muitos vegans utilizam vinagre p/ limpar TUDO, absolutamente tudo, ja que não é perigoso p/ saude, p/ o meio ambiente e é natural (The Perfect Household Cleaner).
Você ja escreveu sobre isso ?
Beijos !

Vida Vegana disse...

Que informações ótimas!!! preciso colocar seu blog nos meus favoritos!!!adorei esta do azeite..

Manuel disse...

Sou omnivoro, apesar de não comer carne contudo como lacticinios e esporadicamente algum peixe, e me preocupo em ter uma alimentação minimamente saudável, dentro do que a banalização do uso de pesticidas e outros agrotóxicos e sua consequente contaminação de produtos e meio ambiente me permitem; e não é sem alguma surpresa que vejo em diversos sites vegetarianos e veganos a apologia do uso de alimentos genéticamente modificados. A saber o "óleo canadiano", sim o "extremamente saudável" óleo de canola; quem procure em qualquer enciclopédia de botânica pela planta "canola" e verá que não vai encontrar pois tal não existe. O que poderá encontrar talvez é planta de colza genéticamente modificada. Não vou enumerar os efeitos que tal tipo de manipulação" poderão provocar" para a saude e o meio ambiente pois não existem ainda estudos conclusivos (principalmente por não existirem financiadores para tais estudos[por que será])mas o que se sabe é que o original é utilizado para fins industriais e como insecticida, e que nos finais da decada de 70 e principios da de 80 do século passado foi responsavel por diversas dezenas de mortes em Espanha por ter sido utilizado para adulterar o azeite(óleo de oliva para brasileiro) por parte de pessoas sem escrupulos. Eu na minha opinião acho que se o dito produto é tao inócuo e tem tantos beneficios porque se esconde a sua origem sobre a alcunha de "canadian oil" vulgo canola. Quem, diz que se preocupa, com a natureza, pretendendo incentivar principios éticos e defender todos os animais também deveria procurar defender um outro animal, o "Homo Sapiens", pois cada vez mais está em risco, ou pelo menos a sua saude e bem estar, sendo presa das grandes multinacionais da agro-industria. Bem hajam por viverem de acordo com valores e principios éticamente responsáveis.

Posts similares

Related Posts with Thumbnails