segunda-feira, 29 de março de 2010

Filés de tofu ao gergelim

Receita do livrinho "Tofu mágico" da Ana Maria Curcelli, que eu comprei na loja Arte Vegan, na Galeria do Rock, em São Paulo.

Pra preparar, basta drenar o tofu, cortar em triângulos, temperar os triângulos com sal e pimenta e passá-los no gergelim torrado. Aí, é só fritá-los em óleo quente (usamos óleo de côco) até que fiquem dourados como na foto. (A receita não inclui molho de soja, mas eu passei os triângulos no molho antes do sal e pimenta, por conta própria). Ficaram ótimos!

Servimos com arroz selvagem.

Tenha um ótima semana!

sexta-feira, 26 de março de 2010

Vegan Pride

Tirei essa foto em dezembro passado, na Galeria do Rock, em Sampa. Adorei essa loja. www.veganpride.com
Eles tambem estao no Twitter:  http://twitter.com/veganprideshop

Happy Friday!

segunda-feira, 22 de março de 2010

Rabanadas veganas

Aqui elas são chamadas "French Toast" e são um prato comum de café da manhã ou brunch. A receita que a gente preparou dessa vez foi tirada do livro Vegan Brunch da Isa Chandra Moskowitz, e como a própria autora me autorizou a traduzir essa delícia, aqui vai. No livro, ela chama essa receita de "Rabanada de Banana (French Toast Brasileira)".
  • 2 bananas bem maduras
  • 1 xícara e 1/2 de leite de amêndoas (ou o seu leite vegetal favorito)
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho
  • 1 colher (chá) de extrato de baunilha puro
  • 1 colher (sopa) de chocolate em pó
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 baguete amanhecida, cortada em fatias
  • Óleo pra fritar
  • Banana fatiada (e morangos, se você tiver) pra guarnecer
Bata no liquidificador ou processador as bananas, o leite, o amido de milho e a baunilha até que fique macio. Espalhe as fatias de pão - uma ao lado da outra - numa fôrma. Despeje a mistura de banana sobre elas e vire-as pra que recebam toda a mistura. Deixe-as por 10 minutos, vire-as e deixe por mais 10 minutos.

Pré-aqueça uma frigideira grande (de ferro, de preferência) em fogo médio. Ponha um pouco de óleo e espalhe esse óleo pela frigideira com um pedaço de papel toalha (ou use óleo em spray, pra fritura). Frite metade da quantidade de fatias por 5 a 7 minutos de um lado, vire-as e frite por mais 3 minutos. Quando estiverem prontas, elas estarão douradas e escuras, como na foto. Transfira para um prato e cubra com papel alumínio pra não esfriar, enquanto você frita o resto das fatias.
 
Se você não servi-las imediatamente, cubra com papel alumínio e leve ao forno  a uns 95°C por até 1 hora. Quando estiverem prontas pra servir, misture o chocolate em pó e a canela e polvilhe generosamente sobre cada fatia. Sirva com manteiga vegana ou maple syrup (no Brasil, xarope de bordo) e pedaços de frutas por cima. Dessa vez a gente serviu com fatias de linguiça vegana.

Yummy! Como eu sempre digo, comida vegana é a mais gostosa!

sexta-feira, 19 de março de 2010

Maionese vegana



Amei esse video!

Via Chubby Vegan.

Happy (vegan) Friday!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Selinho pro blog

O brazil nut ganhou esse selinho da Bianca, do Cachorrando - uma graça de blog, aliás. Obrigada, Bianca! Eu tento ser uma blogueira dedicada, mas não é fácil. A correria faz a gente não conseguir postar com a frequência com que gostaria, mas vamos tentando, né?! Obrigada pelo carinho!

quinta-feira, 11 de março de 2010

Um oásis em São Paulo


No final do ano passado, eu finalmente tive a oportunidade de visitar no Brasil um restaurante que eu queria muito conhecer, o Vegethus.

Adorei! O Vegethus é 100% vegano, a comida é deliciosa (adorei o buffet self-service), ambiente gostoso e tranquilo, e é enorme. Dá pra fazer uma festona lá. Acabei encontrando o George Guimarães, proprietário do Vegethus, nutricionista, ativista e superherói nas horas vagas. :)

A variedade de pratos e ingredientes é um absurdo. Tem pra todos os gostos. E não só veganos comem lá não. Já ouvi de um amigo onívoro que o Vegethus é nota 10. Ta aí uma ótima oportunidade para onívoros se alimentarem de forma saudável e nunca mais negarem o fato de que comida vegana é deliciosa. :)

Eles arrasam nas sobremesas também. Já disse aqui que não sou formiga. Gosto tanto de comer, que geralmente encho a barriga de comida e acaba não sobrando espaço pra sobremesa. Mas no Brasil eu estava de férias e a milhas de distância de qualquer dieta, então mandei brasa, hehe. Enlouqueci com o bolo de chocolate e côco do Vegethus (foto acima). E como eles têm uma lojinha anexa ao restaurante, pude comprar os famosos doce de leite e leite condensado (de soja). Trouxe até pra cá e me deliciei. Já preciso estocar mais. Manhêêê!! :)

Aproveite também pra comprar roupas e acessórios veganos, literatura e outros produtos bacanas, como sabonete líquido, creme hidratante, etc, na lojinha que eles mantêm. Dessa vez nós só tivemos tempo de visitar o Vegethus Consolação, em Sampa, mas eles têm 3 endereços. Clique aqui pra saber onde estão.

Enquanto almoçávamos no Vegethus, O George me apresentou a Petria Chaves, que também estava lá. A Petria é jornalista, repórter e apresentadora da Rádio CBN, e comanda um programa muito bacana chamado Caminhos Alternativos. Adorei conhecê-la!

O video abaixo, falando um pouquinho sobre veganismo, mostra ótimas imagens do Vegethus Consolação, e inclui uma entrevista rápida com o George. Achei esse video no blog do Lobo.


E eu acabei de ficar sabendo que o lançamento oficial da Sociedade Vegana acontece no domingo no Vegethus Consolação, esse mesmo que eu visitei. Aqui está toda a informação, direitinho, pra você poder aproveitar por mim:

Data: 14 de março de 2010
Local: Vegethus Consolação, Rua Haddock Lobo, 187, Cerqueira César – São Paulo – SP
Hora: 16h45
Palestra de Sônia T. Felipe: “Filosofia dos direitos animais: a ética vegana e suas implicações”, seguida de confraternização.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Beleza caseira - Azeite de oliva

Essa hidratação para os cabelos é maravilhosa e facílima de fazer. Sem precisar gastar muito dinheiro em salão nem usar produtos químicos, você aproveita o que a natureza oferece pra ficar (mais) linda.

Azeite de oliva extra virgem prensado a frio
Microondas
Touca plástica de banho
Toalha

Coloque 1/2 xícara do azeite numa tigela que possa ir ao microondas. Aqueça no microondas por uns 15 segundos ou até que fique morno. Não deixe esquentar demais!

Ponha a toalha sobre os ombros pra proteger sua roupa (ou sua pele). Coloque um pouquinho do azeite na palma da mão e espalhe pelo cabelo, massageando devagar. Se o seu couro cabeludo é seco, use um pouquinho no couro também. Se o seu cabelo é oleoso, não deixe o couro cabeludo receber o azeite - use apenas nos fios do cabelo até as pontas. Repita o processo de colocar um pouquinho do azeite na palma da mão e espalhar pelos cabelos até que todos os fios estejam completamente envoltos com azeite.

Levante um pouco os cabelos (soltos) e cubra-os com a touca plástica.

Relaxe por uns 30 minutos enquanto o azeite trata os seus cabelos. Aproveite pra responder emails, ler uma revista ou tomar um banho de banheira bem relaxante enquanto saboreia uma taça de vinho.

Lave os cabelos com um xampu suave. Use pouco condicionador. Enxagüe completamente. Você vai sentir seus cabelos muito mais macios e saudáveis e o azeite ainda vai dar um brilho extra.

Se o seu cabelo é compridão (ou grosso, como o meu), você vai precisar de 1 xícara de azeite.

*Passo a passo via ehow.com

segunda-feira, 1 de março de 2010

Salada "A primavera está chegando"

Ingredientes: mini-rúcula, endívia fatiada, 2 tomates secos picados, azeitonas pretas, 1/2 pimentão vermelho fatiado bem fininho, 1 tomate sem sementes picado, sementes de girassol pra salpicar por cima. Misture tudo e sirva com um molho de missô e gergelim, como na foto abaixo.

Alguns exemplos dos (vários) nutrientes presentes nessa salada: vitamina C e potássio (rúcula), vitaminas E e K (endívia), vitaminas A, C e manganês (tomates), vitaminas C e B6 (pimentão vermelho é o campeão em vitamina C), proteína, zinco e cobre (missô), ferro e cálcio (gergelim)...


*Molho de missô e gergelim para salada:
  • 2 colheres (chá) de missô
  • 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1/2 xícara de vinagre de arroz
  • 2 colheres (chá) de óleo de gergelim
  • 1 colher (chá) de agave nectar (esse adoçante natural não é vendido no Brasil, então substitua por açúcar mascavo ou demerara)
  • Pimenta
 Coloque todos os ingredientes num pote com tampa e chacoalhe bem. Esse molho delicioso *do livro The Urban Vegan sobrevive na geladeira por até 10 dias. Rende 1 xícara.


Batizamos o prato com esse nome porque a primavera está mesmo chegando por aqui. Os dias ensolarados estão ficando mais longos. Já não escurece às 4 da tarde. Os pássaros andam cantarolando mais pela vizinhança e aquele clima romântico já está no ar. :)

Posts similares

Related Posts with Thumbnails