sexta-feira, 12 de outubro de 2012

A Deinha (ou Nequinha, como minha mãe me chamava e chama até hoje) queria ser veterinária ou arqueóloga. Queria falar inglês, viajar o mundo e ser independente. Sonhava um dia ser uma profissional requisitadíssima, daquelas que só param em casa pra tomar um banho rápido e já sair para o próximo compromisso. Brincava de ser locutora - ouvia música o dia todo e com um gravador que pediu de Natal desanunciava o que tocou para ouvintes imaginários. Era tímida, mas muito invocada e comilona - uma mistura de Mônica e Magali. E queria defender os animais. Quando passava por um cachorro de rua, deixava os irmãos de saco cheio com a choradeira no carro. Se via um cão ou gato abandonado, pegava no colo e trazia pra casa, sem medo de ser mordida (isso lhe rendeu várias cicatrizes e nadinha de trauma de bicho).

Acho que ela se orgulharia de mim, mas diria que ainda é pouco, que dá pra melhorar. Sempre dá. ;-)

Hoje é Dia das Crianças e da padroeira do Brasil, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, e por isso é feriado aqui. Aqui em casa, nós estamos comemorando 1 ano vivendo no Brasil. Estamos muito felizes e sempre que nos perguntam: mas dá pra ser vegano no Brasil? Nós dizemos, é claro que dá. Dá pra ser vegano em qualquer lugar. Basta querer. 

Tornar-se vegana foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado e só me arrependo de não tê-la feito antes. Se você quer deixar a criança que você era orgulhosa da pessoa que você é hoje, torne-se vegano. Pelos animais, pelo planeta, e por quem você quer ser.


4 comentários:

Lori Ellis disse...

Que lindo o teu texto Andrea!
Sem duvida, ser vegano e muito mais facil do que as pessoas imaginam. Pode-se ser vegano em qualquer lugar do mundo e em qualquer situacao. Basta querer!
Obrigada por teres me ajudado com teus posts na minha transicao ao veganismo ha dois anos.
Teu blog foi o primeiro que eu encontrei e aprendi muito contigo!
No meu caso tambem so tem uma coisa da qual eu me arrependo... nao ter me tornado vegana mais cedo, porque com certeza foi a melhor coisa que me aconteceu!
Mas tambem acredito que tudo tem seu tempo na nossa vida! O bom e que somos veganas e que de uma forma ou de outra procuramos ajudar as pessoas a encontrar este caminho tao lindo!
Feliz dia da crianca!
bjs

Andréa N. disse...

Poxa, obrigada, Lori! Que delícia poder ter te ajudado! Isso me deixa tão feliz. Boa sorte no caminho do veganismo! Beijos!

Dora Miglio disse...

Lindo texto!Hoje, com mais de 12 anos de vegetarianismo e na luta pelos animais abandonados e pela luta contra o uso de animais indefesos em testes.Eu sempre me cobro, preciso fazer mais e melhor para as pessoas, para os animais e para o nosso planeta.Me encho de forças quando encontro pessoas, humanos e sensíveis como vc que acreditam em um mundo de paz, amor e harmonia.Bjus=)

veganaeagora.blogspot.com disse...

Ah, sempre bom lembrar quem éramos e quem nos tornamos! Estou felicíssima de ter me tornado vegana!!! Parabéns a todos nós e que a busca seja eterna!!! Bjos

Posts similares

Related Posts with Thumbnails