quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Como ser um vegano feliz nessas festas de final de ano

Traduzido e adaptado do texto da querida Tracye McQuirter.


Se você está aí se perguntando como encarar aqueles encontros familiares ou com os amigos sendo vegano, aqui estão as minhas 7 dicas de como lidar com essas situações com amor e elegância.

Dica #1: Nunca responda a uma pergunta na mesa de jantar sobre por que você se tornou vegano. A maioria das pessoas ali não quer realmente saber sobre isso naquele momento. Eles podem estar se sentindo defensivos sobre o estão comendo em comparação com você. Ou se eles querem mesmo saber, outras pessoas à mesa podem não querer ouvir sobre isso. Então, sempre que você ouvir essa pergunta, basta sugerir (com um sorriso) falar sobre isso mais tarde.

Dica #2: Se você sente que tem que dizer algo imediatamente, tente isto: "Eu quis comer de forma mais saudável e me sinto muito bem!" Ou "Eu simplesmente decidi mudar a forma como eu como e foi ótimo!" Se eles insistirem, aí é o momento de dizer "Fico tão feliz por você estar interessado! Vamos falar mais sobre isso depois do jantar." Se vocês conversarem mais tarde, compartilhe sua história e não se esqueça de recomendar alguns livros e filmes para que eles obtenham mais informações. (Afinal de contas, veganismo não é só o que você come!)

Você também pode informá-los que a Academia de Nutrição e Dietética (a maior organização mundial de profissionais de nutrição) confirmou recentemente que as dietas vegetarianas e veganas são boas para crianças e adultos. O mais recente relatório deles afirma: "dietas vegetarianas e veganas são apropriadas para todos os estágios do ciclo de vida, incluindo gravidez, lactação, infância, adolescência, idade adulta mais velha e para atletas".

Dica #3: Não sinta que você tem que ajustar suas novas escolhas alimentares para acomodar seus parentes. Acredite, seus parentes não estão preocupados em mudar os hábitos alimentares deles por você, nem deveriam. O mesmo se aplica a você. Faça deste o seu mantra.

Dica #4: Esteja preparado para não ficar tentado a comer o salpicão. Isso pode significar trazer muito da sua própria comida vegana (de casa ou do seu restaurante favorito) para que você tenha o suficiente para poder repetir e para a sobremesa, como todos os outros. Assim, você não se sentirá privado de nada.

Dica #5: Traga uma salada de maionese vegana. Meus parentes adoram quando eu trago este prato para uma reunião familiar (é verdade). Salada vegana de maionese com batatas. Aprenda a prepará-la e faça o mesmo. Eu garanto que seus parentes vão te amar por isso. E isso pode levá-los a experimentar mais pratos veganos.
 
Dica #6: Faça o seu prato primeiro. Confie em mim nessa. Se você não conseguir pegar toda a comida que você quer de primeira, seus parentes podem comer todos os seus alimentos veganos junto com os alimentos onívoros deles e você vai acabar chateado e sem poder repetir o prato. E não se esqueça de colocar utensílios separados pra servir a comida em cada um dos seus pratos veganos. Dessa forma, o garfo do tender não será usado para as costeletas de tofu e a colher do salpicão não será usada na maionese vegana. E de novo, ninguém sai irritado.

Dica #7: Saiba que todas as perguntas (e provocações) irão eventualmente parar. Conforme você fica mais tolerante e mais relax sobre comida vegana, seus parentes vão desencanar também. E não se surpreenda se alguns deles vierem pedir conselhos sobre como comer de forma mais saudável. Quem sabe você não vira um agente transformador para a melhoria da saúde e prevenção de doenças na sua família?!

Boas Festas!

Nenhum comentário:

Posts similares

Related Posts with Thumbnails