sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Cuscuz Paulista

Bem diferente do cuscuz marroquino, mas igualmente deliciosa, essa torta salgada que pode ser consumida quente ou fria é sempre sucesso entre gregos e troianos.

Achei que o preparo fosse difícil, até tentar. É divertido, isso sim. Faça e depois me diga se eu não tenho razão. Receita e dicas das minhas queridas mãe e tia -- olha a responsa. :)

Ingredientes:

- 1 litro de caldo de legumes
- 3 colheres (sopa) de óleo de canola
- 1 cebola picada
- 3 dentes de alho picados
- 1 lata de ervilhas (separe algumas pra enfeitar)
- 1 vidro de palmitos (corte-os em rodelas e separe algumas pra enfeitar, pique o resto)
- 2 tomates sem sementes e picados (separe algumas rodelas pra enfeitar)
- 1 colher (sopa) de salsinha picada
- 1/2 lata de extrato de tomate
- 1 xícara e 1/2 de farinha de milho
- 1/3 de xícara de farinha de mandioca
- Sal e pimenta dedo de moça picada a gosto
- Azeite para untar

Modus operandi:

Em uma panela grande, aqueça o óleo e refogue a cebola em fogo baixo até ficar translúcida. Acrescente o alho e mexendo bem, deixe dourar. Adicione a ervilha, o palmito picado, o tomate,  a salsinha e o extrato de tomate. Tempere com sal e pimenta e mexa bem. Adicione o caldo de legumes, cheque de novo se está bom de sal e pimenta e deixe tudo cozinhar em fogo médio até o líquido reduzir bem - uns 15 minutos.

Vá incorporando a farinha de milho devagarinho, e sempre misturando bem. Abaixe o fogo, acresente a farinha de mandioca e, sem parar de misturar, preste atenção ao momento em que a mistura vai ficar bem grossa (absorver completamente o caldo) e desgrudar do fundo da panela -- isso acontece logo. Nesse momento, desligue o fogo.

Unte uma fôrma grande de cuscuz com o azeite de oliva e comece a enfeitar. Arrume as rodelas de tomate e palmito no fundo da fôrma, do jeito que você quiser. Eu também usei cebola, azeitonas pretas sem caroço (e fatiadas), sementes de girassol e folhas de salsinha. Use milho verde, cenoura, pimentão colorido... o que você quiser.

Coloque o cuscuz (ainda quente) na fôrma a colheradas. Pegue um pano de prato, umedeça um pedaço dele, e usando as pontas dos dedos, pressione o pano de prato contra o cuscuz com cuidado pra que assente direitinho na fôrma. Leve à geladeira até a hora de servir - no mínimo por 1 hora. Ponha um prato raso por cima da fôrma, vire tudo de cabeça pra baixo e bata um pouquinho na bunda da fôrma pra deixar que a torta caia para o prato. Pronto! Recomendo servir o cuscuz frio e bem apimentado.

4 comentários:

Isis disse...

Está Lindíssimo!!!!
Bj

Andréa N. disse...

Obrigada, Isis, querida! Beijos!

Isis disse...

Oi Andréa
Vim oferecer um desafio que está lá no Receitas Éticas 2:
http://receitaseticas2.blogspot.com/2012/01/blog-award-desafio.html
Bjus!

Flora Maria disse...

Só fiz uma vez esse prato, faz muitos anos...
Ele é tão bonito !
Acho que está na hora de experimentar sua receita !
Beijo

Posts similares

Related Posts with Thumbnails