sábado, 11 de abril de 2009

KFC - Kentucky Fried "CRUELTY"

Eu já falei por aqui dos horrores que a rede de fast food KFC causa aos animais. A KFC Brasil não é diferente, viu? Os padrões são iguais em todas as lojas da rede, no mundo inteiro.

Outro dia a KFC do Canadá disse que finalmente cedeu às pressões do grupo PETA, e estreou em algumas de suas lojas, o hamburger veggie. Isso ainda não me faria pisar numa KFC nem morta, porque não é um veggie burger que vai me convencer de que todas as carnes que eles usam não são mais provenientes de tortura. Mas pra completar meu raciocínio, li esses dias num blog vegano, que ao pedir hamburgers veganos na KFC do Canadá, o casal perguntou ao vendedor se estes eram preparados numa grelha separada, ao que ele respondeu, adivinha!, que não. Os veggie burgers do KFC são mergulhados no mesmo óleo que os hamburgers de carne. E você achou mesmo que seria diferente? Não caia nessa ladainha.

Billy Corgan, da banda Smashing Pumpkins, juntou-se recentemente ao ex-baterista, Jimmy Chamberlin, e a vários outros músicos que estão indignados com o tratamento que o KFC dá às galinhas criadas e mortas em suas fábricas-matadouros. Corgan e Chamberlin assinaram uma petição pra tentar ajudar a acabar com o sofrimento que a rede KFC causa às pobres aves.

Assine a petição você também!

Todo ano, centenas de milhares de galinhas são escaldadas ainda vivas. Esses seres tão sensíveis e inteligentes são enfurnados em gaiolas sujas e mínimas, onde vão passar o resto de suas vidas miseráveis. Os bicos dessas galinhas são cortados a ferro quente, quando ainda são pintinhos, e elas são cruzadas de maneira a crescerem muito maiores do que seu próprio peso suporta, fazendo com que fiquem aleijadas, mal podendo se mexer, e tendo seus ossos quebrados por conta disso - como na foto lá em cima. Nas fábricas-matadouros, essas aves gentis são penduradas de cabeça pra baixo em correntes de metal pra serem degoladas em massa. São então jogadas em tanques de água fervendo, frequentemente ainda conscientes.

Falando nisso, outro dia alguém mencionou aqui que é tudo balela e que não existe prova concreta disso. Mas é claro que existe! Se você já lê este blog há algum tempo, sabe que eu geralmente prefiro não postar os videos aqui porque são muito fortes. Sempre acho que minha palavra basta pra você, leitor, acreditar. Mas quer saber, vamos acabar com o álibi de quem na verdade simplesmente não quer acreditar. Aqui está o video:


E você pode assistir a mais videos no site KentuckyFriedCruelty.com.

Ajude a acabar com esse sofrimento horrível. Assine a petição e jamais pise numa loja da rede de fast-food KFC.

Clique aqui pra criar um cartaz no seu blog e ajudar a espalhar a nossa indignação.


Via Fish & Chimps

7 comentários:

Fernanda - www.fernandafranca.com disse...

Sua palavra basta para mim, de verdade. Quem contradiz é porque não quer aceitar. Beijos.

Andréa N. disse...

Muito obrigada, querida! :)

Anônimo disse...

Boa tarde.
Não quero ser do contra, não faço parte de nenhum grupo de apoio a rede de lanchonetes, mas enfim, até q ponto isso é tudo realmente verdade?

Pergunto isso pq o vídeo, q é realmente revoltante, não mostra a marca do KFC em nenhuma das paredes nem no uniforme dos funcionares.
Ele pode ter sido feito em qq lugar.

Anos atrás tb surgiu uma história, desta vez contra o McDonald's q as galinahs tb ficavam confinadas em minúsculos espaçõs e comiam até engordar tanto q era aleijadas pelo seu próprio peso, etc...história bem parecida com a do KFC.

Aí, um bando de desocupado tb tentou ensaiar um movimento aqui no Brasil contra o McDonald's, mas acabou dando em nada, como tudo nesse país.
Brasileiro tem mania e imitar americano em tudo, só q brasileiro não tem realmente vontade de mudar nada e no fim, acaba desistindo ou indo pertubar outra pessoa q no momento esteja mais em evidência ou na moda.

Aqui no Brasil, eu não ouvi nenhuma história de q o KFC daki trate os animais do msmo jeito...espero q tudo isso seja mais um "lenda urbana" pq é realmente revoltante.
Abraços à todos.

Anônimo disse...

Frangos que encontramos congelados nos mercados são muitas vezes provenientes de tratamento "semelhante"... luz acesa 24h para q engordem e engordem, muitos antibióticos, animais estressados, etc etc etc.
Só acho que vale lembrar que a barbárie não é exclusividade da KFC.

ham e a propósido são degoladas e ainda estão conscientes??? isso foi estranho...

Anônimo disse...

A qualidade do vídeo é horrível, mas o maltrato às aves é nítido. Digam não à impunidade! Ao invés de resolver atacar a KFC, porque não atacam os que permitem que esta situação ocorra? Vejo um programa no canal Animal Planet que mostra o maltrato aos animais, e eles são bem duros com os contraventores.
Mas diante deste tema delicado, pensei o seguinte: Por que os pescadores não são hostilizados?
Afinal eles matam cruelmente os peixes por asfixia, ou em alguns casos por esmagamento decorrente do peso dos peixes contidos na rede.
Será que isso não ocorre porque Jesus Cristo era pescador e é símbolo da bondade?

Andréa N. disse...

Anônimo: se vc tiver a oportunidade ou a curiosidade de ler outros posts desse blog, verá que não falamos só do KFC ou só das galinhas. Falamos sim da crueldade contra TODOS os animais. E não só dos empregados da KFC, mas de quem compra e consome esses produtos, afinal se pararem de comer, eles param de matar.

Mais uma coisa, este blog não é religioso e não tem NADA a ver com o catolicismo ou qualquer outra religião. Aliás, religião é o que mais atrapalha esse mundo. É em nome das várias religiões existentes que se usa de violência e crueldade nesse mundo.

Andréa N. disse...

P.S. Achei que Jesus Cristo fosse carpinteiro, como o pai dele, José. Não sabia que tinha sido pescador, também. Já ouvi dizer que ele era vegetariano, mas não temos como saber com certeza, né? Aliás, nada na Bíblia é passível de prova. Cada um diz o que acha que aquilo tudo significa e nem se sabe quem escreveu.

Posts similares

Related Posts with Thumbnails