quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

KFC é do mal


Make your own KFC sign at KentuckyFriedCruelty.com

A rede de fast-food KFC (Kentucky Fried Chicken), está na mira do Peta faz um tempão. Pra quem não conhece, o Peta é uma organização americana seríssima e super ativa, cuja sigla significa em português algo como "Pessoas em favor do tratamento ético dos animais".

O Peta já tentou várias vezes negociar com a direção do KFC e fazê-los acatar regras básicas de um tratamento minimamente justo dos animais nos vários matadouros, sem sucesso. O KFC escalda galinhas vivas diariamente, quebra seus ossos e fazem-nas crescer tanto e tão rápido, que elas mal conseguem se mexer. Cinco membros do conselho da própria empresa KFC já se demitiram, enojados com a política interna da empresa, que não acatou nenhuma de suas recomendações.

Clique aqui para assinar a petição. Leva menos de 1 minuto.

Se puder, ajude a espalhar a notícia (e nunca pise lá). O KFC tortura os animais antes de matá-los.

26 comentários:

Fernanda França disse...

Nossa, nem precisa falar duas vezes. Não vou mais...

Andréa N. disse...

Ah, Fernanda, que alivio! Soh de saber que eu consegui alertar uma pessoa, voce, ja valeu a pena ter comecado esse blog. Obrigada!

Anônimo disse...

Se as mulheres nao foram feitas para os homens, porque nao existem apenas homens, ou apenas mulheres (que nao suportam-se).
TODO MUNDO QUE EH CONTRA COMER ANIMAIS< NAO SE ESQUECAM, SUA BOCA EH REPLETA DE BACTERIAS E GERMES QUE SAO ANIMAIS VIVOS E VC OS ENGOLE AOS MILHOES O TEMPO TODO>

Andréa N. disse...

Anônimo! Nossa, muito obrigada pelo esclarecimento!! Eu tinha me esquecido completamente das bactérias e gérmes. Putz, acho que vou voltar a comer carne agora. Só por isso. Hahahahahahaha!!

Não entendi sua primeira frase. É uma pergunta ou uma afirmação?

Alisson disse...

Andréa, só por curiosidade... Poderia saber onde você buscou esta informação? E também se você conhece o escopo da KFC, ou então algum dos abatedouros habilitados por eles?

Andréa N. disse...

Alisson- este aqui é um post mais antigo meu. Tem um mais recente com um video, dê uma olhada:
http://brazilnut-nyc.blogspot.com/2009/04/kfc-kentucky-fried-cruelty.html

Se isso ainda não te convencer, acabo de achar um video mais recente que mostra os matadouros do KFC e como as galinhas são tratadas e manipuladas. Mesmo se vc não entender inglês, as imagens vão dizer tudo. Por favor, assista:
http://www.kentuckyfriedcruelty.com/

Alisson disse...

Andréa, tudo bem que você tem estes videos e inclusive um site especifico, com depoimentos de algumas pessoas famosas detonando a KFC.
Porém, você deve saber que por dinheiro artista acredita em tudo e vende idéias até no inferno...
Então, você garante que estas informações são verídicas? Não poderia ser uma jogada patrocinada por algum concorrente? Estes videos não poderiam ser de qualquer granja ou abatedouro? Ou ainda, não podemos associar a atitude de um homem à imagem de uma empresa, pois homem mata homem também, as vezes de forma mais cruel. Para ambos os casos existem punições.
Além do mais, você não respondeu as minhas perguntas referentes ao Seu conhecimento a respeito das políticas da KFC...
Saiba que em seu escopo um dos itens fundamentais é o bem estar animal, desde a criação até o abate. Sem o cumprimento deste quesito não há habilitação da empresa fornecedora da matéria prima.
E mais: o Ministério da Agricultura também possui políticas de bem estar animal e monitoram os abatedouros através do Serviço de Inspeção Federal(SIF) com frequencia continuada.
Resumindo: ainda não estou convencido que a KFC seja cruel...

Andréa N. disse...

Allison: Vamos combinar duas coisas: 1) você acredita no que vc quiser e eu acredito no que eu quiser. Meu lema como vegana é: na dúvida, eu não como. Mas isso se aplica a produtos cujos ingredients eu não estou convencida de que sejam 100% veganos. Quanto à carne: frango, boi, peru, peixe, coelho… eu não tenho dúvidas - eu não como MESMO. E não me importa se o video mostrado é da KFC ou do quintal do seu primo. E 2) sabe qual é o fato que nós duas sabemos com certeza? Qualquer animal que é morto por sua carne, é sim torturado. Não importa se foi criado solto “com todo o carinho”. Ele tem sua vida exterminada. Ninguém tem o direito de fazer isso. Então, seja KFC, McDonald’s, Wendy’s ou um fazendeiro “bonzinho” do interior de Minas Gerais, ESTÃO TODOS DO MESMO LADO. Não me fale em “bem-estar” animal quando sabemos que a única preocupação é se a carne dele estará tenra e saborosa. Se alguém sequestra um membro da sua família e o trata SUPER bem, com todo o conforto antes de matá-lo, vc vai dizer que o sequestrador foi bonzinho porque se preocupou com o bem-estar do seu familiar? O animal, assim como o seu familiar, sente dor, medo, desespero, e teme por sua vida. A única atitude ética a se tomar é não comer carne.

pablo fest disse...

Apóio a produção de alimentos de base animal de forma não industrializada, cuidando com carinho, sem medicamentos, sem hormônios, como quando eu era criança! Respeito o veganismo, vegetarianismo, biochip, Porém lembrem-se que as verduras, legumes e frutas que vocÊs consomem levam adubo, e adubo de origem animal, como estrume, vísceras, pintos defeituosos que não servem para a indústria, penas, bicos. E somado à eles, a química que são injetados neles. Há também os aditivos químicos. E nem os orgânicos escapam. E o petróleo, são fosséis de animais, os dinossauros e outros e outros sedimentos minerais. O seu croc, se levado ao pé da letra, é couro de dinossauro processado que vira plástico. Lógico que com muito exagero e imaginação. Mas, parabéns pela atitude.
BE VEGAN

Andréa N. disse...

Obrigada pela visita e pelo alo, Pablo! Realmente nao eh facil encontrar verduras e legumes frescos e sem aditivos e agrotoxicos, mas esse eh um risco que eu prefiro correr a ter que comer carne. Espero que os governos regulem direitinho a quantidade de veneno usada nas plantacoes, neh! :)
Abracos.

Noivas disse...

Gente que hipocrisia
eu sou vegetariana e me ofendo
voce vai parar de comer kfc pq eles maltratam as galinhas?melhor se nao as matassem ,verdade?
voce pode boicotar o kfc,mas voce so esta colocando em pausa a maldade constante contra os animais...
mt bonito isso
defendemos entao o direito que na hr que a galinha for morta,que ela tenha a dignidade de andar antes que nos a comamos
amem
por favor ne gente

Andréa N. disse...

Você entendeu errado, Noivas (??). Este é um blog vegano – eu recomendo que não se coma carne de nenhuma origem (já leu algum outro post daqui?). Neste post específico, eu aviso que o pior dos Fast Foods, para aqueles que ainda comem nesses lugares (já que nem todos os leitores deste blog são veganos) é o KFC. Só isso. Sinto muito se você se ofendeu. Não venha mais aqui se te ofende.

joão disse...

é o ciclo alimentar, andrea!eu defendo, com tudo o respeito,que a evolução nos deu a capacidade de comer tofu, vegetais(nada contra, são o mais importante da refeição) e carne. sou ateu, mas quem acreditar num Deus não poderá questionar-se?
O Todo Poderoso deu-nos um estomago capaz de engolir tudo, para depois a nossa mentalidade nos impedir de comer uma galinha!
é o ciclo: estamos na selva, será assim

Alimentar
Leão
Humanos
Zebra
Erva

Lembrem-se as plantas são seres vivos! e temos de comer alguma coisa!

Andréa N. disse...

Ah, João, esse papo é tão antigo. Essa desculpa de que somos superiores e de que isso é uma selva. ERA uma selva, no tempo das cavernas. A gente evoluiu - ou pelo menos alguns de nós. O papo de que somos superiores e por isso podemos explorar esses seres “inferiores” já tinha sido usado no tempo da escravidão, pelos donos de engenho; por Hitler e alguns alemães em relação aos judeus; por homens em relação as mulheres... vamos acabar com essa desculpa, por favor. Ninguém precisa de carne pra sobreviver, portanto chega de explorar e assassinar animais indefesos. É simples assim.

Anônimo disse...

Pq as perguntas do Alisson não foram respondidas? Muito bonita a iniciativa, mas tem que saber argumentar e isso não foi feito. A idéia de é pq é não cola, temos que ter maturidade na avaliação dos fatos. Claro que cada um acredita no que quizer, mas isso não é argumento pra defender idéia nenhuma. Falar é fácil, provar é que é o problema. Onde estão as evidências? Se a graça é protestar façam protestos contra a violência que as mulheres sofrem em várias partes do mundo, ou contra a política imperialista de alguns países, façam melhor, protestem contra a emissão de gases...
Sugiram boicotes a empresas poluidoras ou que tenham mão de obra escrava ou infantil.
Veganos, parem de fumar a comida e acordem !!

Andréa N. disse...

Anônimo - ah, esse povo que não tem coragem de deixar o nome - eu não tenho tempo pra esse seu papinho. Se vc não viu os videos que eu recomendei ali no meu outro comentário, vá ver. Se ainda assim não te interessa acreditar, não acredite. Use melhor o seu tempo. Vá protestar sobre o que vc acredita. Só um conselho: quando for protestar sobre a violência contra as mulheres ou a emissão de gases, use o seu nome verdadeiro se quiser ter alguma credibilidade ou atenção tá? Beijo-tchau.

Débora Fonseca disse...

Hoje em dia não só o KFC mas como a maioria, se não todos, os produtores de frango criam frangos assim...
Em lugares apertados, com anabolizantes, sem boas condições de vida...
Nem adianta cruciicar uma só organização !

Andréa N. disse...

Pro pessoal que insiste em nao acreditar que o KFC consegue ser pior que as outras redes de fast food, mais noticia quentinha: http://www.huffingtonpost.com/john-robbins/breast-cancer-awareness-g_b_577574.html?ref=fb&src=sp

Rafael disse...

Todos sabem da onde vem a comida q comem. Todos sabem que para comer um belo bife, um animal tem q ser morto.
Mas acredito que todos fazem o q querem, acreditam no q querem, ou seja, livre arbitrio.
Cada um acredita no Deus que quer, é da igreja q bem entender, como o q gosta.
O q não acho realmente bacana é defender o q "vc"(generelizando) acha o q é certo e querer q todos façam o q "vc" quer ou gosta.
A velha história, "Toda unanimidade é burra", ou "Se todos gostassemos de verde o q seria do azul", etc.
Legal defender direitos dos seres vivos, sejam eles animais ou humanos, mas em um país que não se tem o direito nem de vivermos em paz, de sair na rua a hora que bem entendermos, onde qto mais dinheiro e influencia se tem, menos riscos de enfrentar a lei se corre, deveriamos concentrar forças e lutar pelo que realmente afeta esse país.
Politicos sujos e sem escrupulos, que, se necessrio, aceitam dinheiro em troca de aprovação a qq estabelecimento, mesmo ele sendo prejudicial as leis ambientais. E não duvido nada disso.
Mas vivemos nossa vidas, e vamos parar com hipocrisia.
Cada um como o q quer, faz o q quer, sai com quem quer, desde que sua consciencia esteja limpa.
Por fim, respeito todos, vegetarianos, carnivoros, emos, gays, geová, enfim, só acho que devemos deixar todos viverem suas vidas.
Abraços.
E não levem para o lado pessoal heim.
Meu nome está lá em cima.

Mariana disse...

Para mim KFC é terror e tortura... tudo isto quer dizer que vivemos num mundo de consumismo.
Ninguém ponha mais lá a pata. Ainda bem que não gosto de fast-food!

Marina disse...

Realmente devo concordar que não é correto seja quem for ou que empresa for tirar a vida de um ser seja ele qual for , eu cresci comendo carne , pois foi intruduzida na minha alimentação desde criança quando eu sequer tinha idéia de onde vinham os alimentos , admito que carne é um alimento saboroso , porém tenho um desejo e estou me esforçando pra realiza-lo de não mais ter a carne como parte de minha dieta , penso antes de mais nada que não devemos fazer a nenhum ser neste mundo oque não desejamos que nos façam , e se houvesse uma espécie que se alimentasse de seres humanos eu sinceramente não gostaria de me encontrar com um , minha conciencia tem me cobrado e me martelado que devemos muito a este mundo que por toda nossa vida nos fornece subsidios pra manutenção da nossa vida e que nós em nada o retribuimos , e ao contrário deixamos nossa parcela de destruição , não me sinto bem em comer algo com culpa , não sinto que eu tenha o direito de destruir algo que eu não seja capaz de reconstituir , só um exemplo:
se derrubar-mos uma casa podemos reconstrui-la igualzinha ou até melhor , mas não temos poder pra devolver a vida a ser que tenhamos matado , por isso independente do que os outros pensem afirmo que os vegans estão certos e por isso estou me esforçando pra me adaptar a alimentação sem carne

Gustavo Silva disse...

eu trabalho lá, e confesso que o trabalho é da altura dos trabalhos conhecidos como "McEscravos" anode rola a superexploração dos seus colaboradores por salários baixos.
Mas serei sincero, a KFC, pelo menos do Brasil, não escalda frangos vivos e muito menos cria frangos(a unica coisa q se escalda são os funcionários!), os frangos vêm de um fornecedor, uma marca de frangoS muito conhecida(dica "S"), agora se ela escalda os frangos, é para todos, inclusive para os nuggets q vcs comeme!
mas de qq forma mando uma saudação para os editores deste blogue e pelo lado humano de vcs.
fica a dica: busquem pelo teste Draize, essa sim é uma realidade horrenda!

Gustavo disse...

completando: http://www.pea.org.br/crueldade/testes/index.htm

Andréa N. disse...

Gustavo, obrigada por deixar o comentário e o link. Eu tô sabendo da Sadia sim, é horrendo o que eles fazem. Mas deixa eu te corrigir: ninguém aqui come nuggets. Esse blog é sobre o veganismo - não consumimos NADA de origem animal.

Aragones disse...

Oi Andréa N.
Entendi perfeitamente seu intuito de alertar as pessoas sobre consumo animal. É um direito seu e você pode faze-lo a todo instante.
O que não é um direito seu (propriamente dito) é o fato de você usar diretamente o nome de uma empresa/pessoa para fazer qualquer tipo de acusação mesmo que ideológica. Trabalho assessorando a empresa no Brasil e em Portugal e posso afirmar que ela não possui uma galinheiro sequer, não seria lucrativo. Criar, alimentar (pois só assim eles crescem), abater e armazenar sairia caro e os preços teriam que ser repassados para o consumidor. Então trabalhamos com uma empresa de grande porte no mercado brasileiro que nos fornece tudo.Não é a questão, a questão é que a menos que você apresente alguma prova documentada (legalmente) peço de forma amigável que tire o nome da empresa do seu texto. Uma dica, você pode apenas trocar a ordem da sigla, Aconselho você, até mesmo por morar em NY a fazer tal coisa pois está infligindo a lei americana, brasileira e portuguesa.

Só mais uma observação: A empresa não é um restaurante de primeira necessidade. Ninguém consome lá porque precisa comer. As pessoas que vão já sabem o que querem, sabem que é um fas food e principalmente, sem hipocrisia, gostam. Quanto aos funcionários, não posso afirmar, mas como qualquer pessoa que trabalhe com o atendimento ao público de uma cadeia de lanchonetes posso presumir que não foram parar lá porque era a meta da vida deles.

O Fato de você ser vegan e ter um blog não te dá o direito de acusar (duas vezes por sinal) quem quer que seja, mesmo que seja defendendo o que você acredita. Não é pelo fato de ser uma empresa grande e você uma pessoa. Se a empresa te acusasse de qualquer coisa diretamente você teria esses mesmos direitos. No nosso caso, você pode ser acusada diretamente pois produziu uma prova contra si mesmo.

Você especificou nos comentários que só fala o que acredita para sua vida.

Não somos uma religião, não queremos crença. então, não importa se você acredita ou não na empresa, o que importa é que você não pode citar absolutamente nada, e os links que você colocou precisam vir constando um texto desse tipo "pro pessoal que insiste em não acreditar que... o LOCAL ONDE TEM O LINK fala"

Veja bem, você conseguiu uma visibilidade grande (por isso estou aqui) e por isso te parabenizo, mas como assessor de comunicação também te agradeço por ter feito pessoas que não concordam com você quererem (indiretamente) conhecer nossos produtos. Você contribuiu para uma uma quase ação promocional. Mesmo assim peço que retire seu texto ou apenas mude a sigla quando for citar a empresa. Se não o fizer, cada comentário que também leva o nome da empresa será de sua total responsabilidade.

Se ainda restar dúvidas, peço que você ligue para nossa central e agende uma visita a um de nossos fornecedores e restaurantes. Não esqueça de especificar toda essa questão que você disse aqui. Somos obrigados por leis de diversos paises a mostrar tanto a cozinha quanto os fornecedores.

Acredite escaldar frango não é uma alternativa viavél. Mas se consumir é certo ou errado vai de cada um. Você sabia que uma ong mundial de preservação ao bem estar animal recebe auxilio dessa empresa que escalda frangos vivos?

Pois é.

Abraços

Parabéns pelo blog.

Sem mais.

Anônimo disse...

Penso que cada um tem o direito de optar por aquilo que acha melhor, sou carnívora assumida..e amo essa condição. Porém quando se fala de algo, tem que se ter certeza e não jogar coisas ao vento, baseando-se simplesmente em informações encontradas na internet. A empresa onde eu trabalho passou por uma auditoria do KFC faz uns 7 meses. Se tem coisa que eles não admitem é maus tratos aos animais. Se o auditor ver qualquer funcionário tratando um animal de forma cruel a auditoria acaba na hora e não tem conversa. Muito importante, primeiro se informar, depois divulgar! Ok?

Posts similares

Related Posts with Thumbnails