domingo, 27 de fevereiro de 2011

Receita fácil de pão caseiro ou "No-knead bread"

A receita desse pão, quando apareceu no New York Times, explodiu pela internet e agora, se você der um Google no nome original, "no-knead bread", vai encontrar zilhões de posts em blogs variados. O segredo está no tempo de descanso da massa,  e não no trabalho com as mãos.

Mark Bittman, o minimalista que até pouco tempo tinha uma coluna semanal sobre comida no famoso jornal novaiorquino, têm fãs e seguidores no mundo todo. Ele não é vegano, longe disso. Mas sempre falava de boa comida e ensinava maneiras simples e originais de preparar pratos incríveis - muitos deles veganos. A dica dessa receita é dele.

Esse pão é um espetáculo. Vamos a ele:

3 xícaras de farinha e um pouquinho mais pra polvilhar
1/4 de colher (chá) de fermento instantâneo
1 e 1/4 colher (chá) de sal
Farelo de trigo ou farinha de milho, se precisar.

1. Numa tigela grande coloque a farinha, o fermento e o sal. Adicione 1 e 5/8 de xícara de água e misture tudo; a massa vai ficar bagunçada e grudenta. Cubra a tigela com um plástico. Deixe a massa descansar por 12 horas, de preferência 18, em temperatura ambiente, mais ou menos 21 graus.

2. A massa estará pronta quando a superfície ficar marcada com bolhas. Polvilhe com farinha a mesa onde vai trabalhar e ponha a massa ali. Polvilhe com mais um pouco de farinha e dobre a massa sobre si mesma uma ou duas vezes. Cubra levemente com plástico e deixe descansar por mais uns 15 minutos.

3. Usando só um pouco de farinha, o suficiente pra não deixar a massa grudar nos seus dedos, molde-a delicadamente (e rapidamente) na forma de uma bola. Polvilhe generosamente um pano de algodão com farinha, farelo de trigo ou farinha de milho. Ponha a massa sobre o pano e polvilhe novamente sobre a massa. Cubra com outro pano de algodão e deixe a massa crescer por duas horas. Quando estiver pronta, ela vai ter mais que o dobro do tamanho original e não voltará rapidamente ao normal se você apertá-la com o dedo.

4. Pelo menos meia-hora antes da massa estar pronta, aqueça o forno a 230°C. Coloque uma panela grande (com tampa) de ferro, pirex ou cerâmica no forno enquanto ele aquece. Quando a massa estiver pronta, remova a panela do forno com cuidado. Deslize sua mão por baixo do pano e vire a massa pra dentro da panela. Não se preocupe com o formato. Chacoalhe a panela um pouquinho só pra garantir que a massa esteja distribuída por igual. Ela se ajeita sozinha quando estiver assando. Tampe a panela e deixe assar por 30 minutos. Então remova a tampa e deixe assar mais uns 20 minutos, até o pão estar dourado-escuro -- como na nossa foto. Deixe esfriar.

A receita original está aqui

E no blog Steamy Kitchen, uma criança de 4 anos prepara o tal pão. Viu como é fácil? Bom apetite!

4 comentários:

Charô Contravento disse...

Olá Andrea,

a gente fez esse pão nesse final de semana e só tenho a agradecer por ter postado essa receita aqui. É uma delícia, requer apenas tempo para preparar.

Mas ficou o melhor pão que já comi na vida. Meu marido quem fez e estava fantástico! E coloquei por cima tomates, limão, sal e um tempero de manjericão com pimentas e azeite. Divino!!!

Andréa N. disse...

Charô, que ótimo!! Que delícia a sua idéia de servir com tomate, ervas e azeite por cima. Yummy! Obrigada por vir contar e compartilhar a idéia. Fico muito feliz de saber que vcs curtiram. E é isso mesmo, é só ter tempo, o resto é facílimo. Abraços!

Flora Maria disse...

Oi, Andrea:
Pesquisando receitas na net cheguei até aqui e adorei ! Sou vegetariana - não vegana, ainda - e gostei muito das suas receitas.
Quero fazer o pão, mas fiquei com uma dúvida: o que é fermento instantâneo ? Eu só conheço o Fermento em pó seco e o fermento para pão, que precisa ser guardado na geladeira.

Estou colocando seu blog na minha lista dos que visito.

Beijo

Andréa N. disse...

Oi Flora. O fermento que a gente usa nesse pão, não é aquele que usamos no Brasil pra fazer bolo crescer. É um pó, mas é esse aqui: http://www.kingarthurflour.com/shop/items/saf-red-instant-yeast-16-oz
Acho que não é nenhum dos dois que vc mencionou, mas se esse não existe no Brasil, talvez vc possa fazer uns experimentos e descobrir se um dos fermentos que vc conhece funciona.

Obrigada pela visita e volte pra me contar como ficou! Abraços.

Posts similares

Related Posts with Thumbnails