quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Por que ser vegana?

Porque eu não quero participar de nenhum tipo de exploração animal. Animais sentem dor e medo tanto quanto eu e você. E assim como eu não tolero a exploração de pessoas, seja por sua raça, orientação sexual, religião ou qualquer outro motivo, não posso admitir a exploração animal- seja por comida, roupas, experimentos ou entretenimento.

Porque fazendas de criação de aves, gado e porcos, granjas e abatedouros são campos de concentração. Os bezerros são separados das mães assim que nascem, pra que o leite delas seja vendido para o consumo humano- o leite que deveria ir para seus filhotes. Animais são mantidos em jaulas de metal tão pequenas que eles nem conseguem virar de lado. Galinhas têm seus bicos decepados com lâmina quente; porcos têm seus rabos talhados e assim como vacas e ovelhas, eles são castrados sem nenhum tipo de anestésico. Eles também são superalimentados com uma mistura que inclui hormônios e pesticidas, ganhando tanto peso e tão rápido que ficam aleijados e mal sobrevivem ao inferno do lugar onde são mantidos.

Porque não existe esse papo de "galinhas criadas soltas". Não acredite nos rótulos que dizem isso. Não há um padrão definido por lei para animais criados soltos. A maioria é criada em confinamento. Além disso, nas granjas de produção de ovos, os pintos machos são mortos logo após nascerem. Assisti à um video há pouco tempo, que mostra os galos sendo atirados vivos dentro de sacos plásticos (como se fossem objetos) e passados num moedor industrial.

Porque o couro não é sub-produto da indústria de carne; é um co-produto, um negócio que tem prosperado em criadouros e abatedouros, onde as vacas estão muitas vezes completamente conscientes enquanto sua pele é arrancada ou enquanto são escaldadas em tanques de água quente. Até pêlo de cães e gatos na Ásia é usado sem ser marcado na etiqueta, então nem dá pra saber que tipo de pele contém um casaco de couro comprado. Lã e pele também são obtidos de forma cruel. Quando a produção de lã das ovelhas mais velhas começa a diminuir, elas são degoladas, quase sempre conscientes. Raposas, minks, chinchilas e outros animais abatidos por sua pele são asfixiados ou afogados ou ainda mortos através de choque elétrico anal- métodos usados pra preservar a qualidade da pele e não manchá-la com sangue.

Porque existem variações fisiológicas entre as espécies, e reações humanas à remédios são diferentes das reações dos animais. Milhões de coelhos, porquinhos-da-India, ratos e outros mamíferos são forçados a ingerir cosméticos e materiais de limpeza, que os fazem convulsionar, vomitar, e sangrar pelos olhos, nariz e boca. Mantidos em jaulas ou gaiolas, eles desenvolvem comportamento neurótico e se auto-mutilam. Geralmente, o único contato que eles têm com humanos é quando são pegos à força e submetidos à procedimentos dolorosos.

Porque os circos forçam animais que antes viviam dignamente, livres e selvagens, a viverem acorrentados, presos em trailers, viajando centenas de quilômetros e sendo obrigados a se apresentar sob ameaça e punição constantes. Chimpanzés, elefantes, ursos e outros animais são rotineiramente chicoteados, surrados e levam choques pra serem treinados- muitas vezes enlouquecendo e tornando-se destrutivos.

E tem muito mais. Mas por hoje, vou parar por aqui.

Leia: Peta (em inglês)

5 comentários:

Anathalia disse...

Eh tudo muito trsite mesmo... Da uma do danada dos bichinhos. Nao sou vegana, mas tenho, aos poucos, trabalhado para isso. Espero conseguir em breve para nao contribuir mais com todo esse horror.

Andréa N. disse...

Obrigada por tentar, Anathalia! Tenho certeza que você vai conseguir!

Téddie Horácio Tomás disse...

Eu desejei ser vegan/crudívoro pelo simples fato de que o abrirmos um ser humano e analizarmos anatomicamente, o intestino não suporta digerir a carne, assim ele gasta muito mais energia tentando digerir e o que ele não consegue digerir simplesmente APODRECE dentro de você! ao fim da semana você, tendo uma dieta tipicamente brasileira, armazena 3,5kg de carne PODRE dentro de você! Esse fato de ser super protetor dos animais e talz, não contribue nada para salvá-los,

Segundo dados do The green american life, para cada pessoa que tenta salvar o mundo (ou do aquecimento global, ou da injustiça com os animai) carrega sobre si outras 19 pessoas que destroem o mundo ao mesmo tempo que você, levando em conta que a terra está insuportável de quente, e que a injustiça com os animais é lamentável tenho que te dizer que você está tentando praticamente SOZINHO, isso gera a fiel informação de que vc tem aproximadamente 5% de chance de mudar algo enquanto eles tem 100% de certeza que estão mudando algo!
Faça melhor, feche os olhos, se sacrifique e ajuda a destruir o mundo, se as autoridades não tomarem nenhuma providência você ira esforçar-se em vão, se você tem tanto amor aos animais, a terra, a sua vida, faça algo CERTO e não algo que servirá para sua REPUTAÇÃO, seus filhos estarão cagando para o que vc faz ou dexa de fazer com os animais, com a reciclagem, com o planeta, com seus exemplos. SOBREVIVER para eles terá muito mais valor!

AJUDEM-NOS!

Andréa N. disse...

Teddie, bem-vindo ao brazil nut!

Voce “desejou” ser vegan/crudivoro. Pelo visto nao conseguiu, ou nao quis. Uma pena. O crudivorismo eh fantastico. Alem de saudavel é super interessante e as receitas cruas sao geralmente deliciosas. Ha um restaurante aqui em NY chamado “Pure Food and Wine” só com comidinhas cruas. Magnífico.

O fato de eu tentar proteger os animais e isso nao ajudar a salvá-los, nao muda a minha intencao e esforço. Eu virei vegana POR CAUSA dos animais (a minha saúde foi bonus extra). Nao fiz isso pra melhorar meu corpinho- mas acabou melhorando, hehe. E eu acredito que assim como eu, muita gente quando le sobre os horrores da industria da carne, laticinios e ovos, sente vontade de mudar isso, de participar da “minha turma” e parar de contribuir com essa industria. E se eu consigo atingir 1 pessoa no mundo todo, ja to feliz.

Cada um faz a sua parte. Eu geralmente comento aqui no blog sobre como o veganismo é saudavel e o quanto ele contribui para o planeta em geral, como vc mesmo disse. Mas o meu motivo principal são os animais. Meu objetivo é não participar da carnificina contra os animais e tentar expor isso ao máximo pra quem se interessar. Meu objetivo tambem é mostrar, com as receitas, que comida vegana é deliciosa. Que vegano nao é magricelo, palido e comedor de alface.

Se você quer fazer alguma coisa pelo planeta, escreva você também sobre isso. Mas primeiro, dê o exemplo e vire vegano. Senão, esse papo todo seu soa muito falso.

Andréa N. disse...

Ah, mais uma coisa: ali na coluna ao lado, onde diz "carne X meio ambiente", eu falo sobre isso, sobre como o consumo de carne esta acabando com o planeta. Em "nutricao" e em "boa forma" eu falo sobre saude e quanto o veganismo contribue pra isso. Como vc ve, eu nao falo aqui soh de bichinhos.

Abraço.

Posts similares

Related Posts with Thumbnails