quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Couve-de-Bruxelas dourada

A couve-de-Bruxelas é da família do repolho, da couve, brócoli e couve crespa. Ela é uma ótima fonte de vitaminas A, C, ácido fólico e fibras. E acredita-se que ela previne o câncer de cólon por causa da grande quantidade de sinigrina que contém.

E aqui vai a receita desse aperitivo ou acompanhamento facílimo e delicioso:

24 couves-de-Bruxelas
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta a gosto

Apare os talos das couves e remova as folhas descoloridas em volta. Corte-as na metade e coloque-as numa tigela média. Adicione 1 colher de azeite e misture tudo cuidadosamente, até que todas as couves sejam envoltas pelo azeite.

Aqueça a outra colher de azeite numa frigideira grande em fogo médio. Acomode cada couve virada pra baixo na panela, jogue sal e pimenta por cima, cubra e deixe cozinhar por mais ou menos 5 minutos, ou até que estejam macias.

Vire cada uma e deixe cozinhar por mais 1 ou 2 minutos. Jogue mais um pouquinho de sal e pimenta, se quiser. Sirva-as ainda quentes.

Receita inteirinha via blog Veg Cooking

2 comentários:

Glauce Lucas disse...

Poxa, Andrea, couve de bruxelas é uma das coisas que nós experimentamos cheio de expectativas e não conseguimos gostar de forma alguma =/ Continuo achando elas lindas, mas o gosto...

Andréa N. disse...

Glauce, olha que engracado: eu ouvi de muita gente que era ruim, e morria de medo de experimentar. Aih, anteontem vi essa receita no blog Veg Cooking e falei "agora chega, vou ter que experimentar porque elas sao muito lindinhas", haha. E comi a primeira morrendo de medo de odiar, mas adorei. Nao sei se foi a forma como foram feitas (voce ja as cozinhou desse jeito?) ou a expectativa de que seriam ruins, mas nos ADORAMOS. :)

Posts similares

Related Posts with Thumbnails