sábado, 25 de abril de 2009

Rapidinhas de sabadão

Finalmente saquei qualé a do Twitter e tô adorando! Sério, não tem frescura, bate-papo besta, perda de tempo. É uma troca de informações sensacional e você só assina os canais/organizações/pessoas cujos assuntos te interessam. E pronto! Todo mundo tem que ser conciso, e se você quiser ler mais sobre tal assunto, é só clicar no link que te mandam no final da frase. Science! :) Farm Sanctuary tá lá, Peta, claro, Ecorazzi... Seria muito legal ver grupos veganos brasileiros, como a Anda ou o Vista-se por lá. Eu tô lá direto: deinha_ny

--------

Acaba de chegar em casa o novo exemplar da revista VegNews. ADORO essa publicação e aguardo ansiosa por ela a cada 3 meses. Além de artigos sobre veganismo, mostra bares e restaurantes veganos nos EUA e no exterior, receitas, lojas, entrevistas... Dá pra acompanhar muita coisa pelo site da VegNews se você não quiser ou não puder assinar. E no blog deles, o Café VegNews, todo dia tem um prato vegano delícia que eles fazem na redação da revista.

-------

Aconteceu uma situação meio complicada comigo no trabalho dia desses, que me lembrou do texto excelente da Ellen Augusta pro site da ANDA, chamado "De vegano pra vegano". Sabe aquela situação que não dá pra fugir, tipo almoço de trabalho? Pois é. Só que a comida servida foi churrasco - e eles sabem que eu sou vegana. A maioria venceu a votação sobre que comida servir e eu tive que aceitar. Pensei em inventar uma desculpa e não participar, o que dependendo da situação é a melhor saída, mas a minha presença nesse grupo era de alguma forma essencial na política interna da empresa e eu encarei. Encarei numa boa, não abri minha boca pra falar sobre direitos animais ou veganismo nem nada do gênero, e todos na sala também ficaram na deles. Levei meu almoço, ninguém comentou, olhou de lado, tirou sarro ou fez comentário maldoso. Com exceção do cheiro insuportável de carne morta e defumada na sala - e do fato de que eu não queria que me vissem fazendo careta pra isso, então eu olhava pro nada, fazia cara de paisagem - tudo terminou bem. Ativismo tem hora e lugar. E educação e classe começam por você.

-------

Andei experimentando com uma receita ótima de almôndegas veganas, pra servir com massa. Ficou muito bom. Só falta organizar as fotos. Aguarde mais um post de dar água na boca. :P

-------

Em homenagem ao Dia da Terra, essa semana que passou, panfletei sozinha no Central Park sobre o foie gras e a crueldade que isso envolve. Distribuí este panfleto. Fiquei bem à margem de um lago lindo, onde patos e gansos se banham e as famílias de americanos e turistas trazem suas crianças pra observar essas aves tão lindas. Distribuí meus panfletos educadamente e em 1 hora já tinha esgotado todos que tinha trazido na bolsa, 50 ao todo. Foi divertido, ouvi comentários ótimos e mesmo os que não pegavam o panfleto da minha mão, o fizeram educadamente. Panfletagem é MUITO eficiente e faz um bem danado pra você (e mais ainda para os animais).

-------

Já que não achei nenhuma, criei eu mesma uma página no FaceBook chamada Vegan Sushi and Rolls. Vai lá e vira fã, vai?! ;)

E tenha um EXCELENTE final de semana!

10 comentários:

Ana disse...

Déa, até tu no twitter ? :-)
Essa do churrasco foi braba, mesmo com votaçao, nao custa nada organizar algo vegê, se bem que vegan é mais complicado. Uma vez eu nao tava mais comendo carne e fui dar uma palestra na França e o meu host me levou pro restaurante da universidade e o unico prato era vitela, encarei e pior que eu dava a palestra depois de ter comido. Eu nao sabia que comem muito foie gras por aqui, eu acho que o pior ainda sao os KFCs e hamburgueres, credo. beijocas.

Andréa N. disse...

Ana, querida, eu adouro o twitter. Mais que o FaceBook. Provavelmente porque tá cheio de gente do meu trampo no FaceBook e isso dá uma reprimida forte. Que dureza essa da vitela, hein? Eu não encarava não. Tu é macha mesmo. Beijocas.

Glauce disse...

Eu gosto muito do twitter também e tenho adorado mais e mais organizações e publicações vegetarianas/veganas aderindo, acho que sigo umas 10 muito boas! Vou te adicionar ;o)

Fernanda - www.fernandafranca.com disse...

Te achei no twitter. Também adoro aquilo ali.

Denise Volpato disse...

Oi, Andréa!! off topic: como é a alimentaçao da Clementine? Aliás, linda ela! Estive olhando as coisitas do meu Marley ( labrador, claro!) e tudo tem carne... raçao, biscoitinhos, petiscos, bolinhos...como vc faz com sua bebê? Beijos Denise

borboleta africana disse...

Olá Andréa...a propósito de animais...não resisto a mostrar-lhe a surpresa que me enviaram (espreite o meu blog as minhas maos verdes). Acho que vai gostar.
Bjs

Andréa N. disse...

Denise, a gente prepara a comida da Clementine em casa. Nao compramos racao de pacote nem de lata. A comida dela eh fresca e variada. Fazemos um panelao a cada 3 dias e deixamos em potes na geladeira. Os ingredientes: arroz (ou massa), verduras variadas, legumes variados, tofu, alga marinha, semente de linhaca em po, quinoa. Duas vezes por semana damos a ela um multivitaminico vegetariano mastigavel - pra caes adultos. Os biscoitinhos as vezes compramos e as vezes fazemos. Tem uma marca chamada Wellness que oferece biscoitos veganos (mas eh cara). O mais facil eh fazer os biscoitinhos no forno, com ingredientes que voce conhece e confia. Se quiser te mando receitas. A Clementine tambem curte maçã ou cenoura com creme de amendoim. Eh isso!

Andréa N. disse...

Borboleta, adorei. Lindas as fotos do melro e seus filhinhos. Que delicia ver a natureza tao de pertinho. :)

Marcio Tadeu disse...

Deinha!!!

Essa história de almoço de trabalho não é fácil - e comigo acontece toda semana!!!
Pelo menos sempre rolam opções veggie porque são almoços em restaurantes.

Como sou recém vegetariano (pouco mais de 4 meses), tem muita gente que eu conheço que não sabe dessa novidade e isso gera situações estranhas - noutro dia me convidaram parta ir num rodízio - quando disse que era vegetariano - insistiram no convite com o argumento de que sempre tem buffet de saladas!

Como se fosse agradável ficar num lugar fedendo a carne assada e ainda pagar 80 reais por salada!!!

Beijos e saudades sempre!

MT

Andréa N. disse...

Marcito, meu querido. To sempre falando aqui sobre o livro de receitas que vc me deu!

Olha so, nao eh facil conviver com onivoros depois que vc faz a transicao e entende todo o esquema terrivel que envolve os produtos com carne. Mas a gente as vezes tem que fazer sacrificios, principamente se tem a ver com trabalho, ne? As vezes nao da pra fugir mesmo, e vc tem que sentar la e fazer carinha de paisagem, fingir que nao se incomoda com o fedor de carne morta em volta. Eh duro. Beijos solidarios! :)

Posts similares

Related Posts with Thumbnails