sábado, 24 de outubro de 2009

Queijo de amêndoas com azeite e ervas

Esse queijo cremoso e consistente cuja receita eu encontrei no blog Tropical Vegan, do chef vegano brasileiro radicado na Florida, Kelston, é simplesmente fenomenal. A princípio fui atraída pela foto que ele postou e achei que dava pra tentar fazer em casa. R se empolgou mais do que eu e seguiu a receita à risca. Aqui está o resultado, que temos experimentado com biscoitinhos integrais e vinho tinto à altura do sabor do queijo. :)

1 xícara de amêndoas inteiras
1 colher (sopa) de sumo de limão amarelo
3 colheres (sopa) + 1/4 de azeite de oliva extra virgem (separados)
1 colher (chá) de alho picado
1 colher (chá) de sal marinho
1 colher (sopa) de tomilho fresco
1 colher (chá) de alecrim fresco

Coloque as amêndoas numa tigela e cubra com água fria. Deixe de molho por 24 horas. Drene, enxágue as amêndoas em água corrente e drene novamente.

Bata as amêndoas num processador até que vire um purê, junto com o sumo de limão, 3 colheres de azeite, alho, sal e meia xícara de água fria. Processe por uns 6 minutos ou até que fique bem macio e cremoso.

Coloque uma peneira grande em cima da tigela e por sobre a peneira, 3 camadas de pano para fazer queijo ("pano de fralda"). Coloque a mistura sobre ele e junte as pontas do pano, amarrando pra que fique firme, na forma de uma laranja, e a mistura de queijo fique apertada ali dentro. Isso vai extrair o líquido da mistura. Leve a geladeira por umas 12 horas ou durante uma noite. Descarte o excesso de líquido que ficou na tigela.

Pré-aqueça o forno a 200°F (ou + ou - 93° Celsius). Coloque papel manteiga (ou papel impermeável) sobre uma fôrma lisa. Transfira o queijo que estava embrulhado no pano (vai estar mole) para a fôrma forrada. Aperte pra ficar no formato circular, como na foto acima. Asse por 40 minutos ou até que fique levemente firme. Deixe esfriar e leve à geladeira.

Misture numa panela pequena: o resto do azeite, o tomilho e o alecrim. Aqueça em fogo baixo por 2 minutos. Deixe ficar bem quente, mas não fervendo. Despeje cuidadosamente sobre o queijo na hora de servi-lo.

Nota do autor: A receita original (via Vegetarian Times) pede mais alho, e na primeira vez que eu fiz esse queijo, o sabor do alho ficou mais forte que o dos outros ingredientes. Dessa vez usei apenas 1 colher (chá) de alho e ficou perfeito. Todos os sabores se combinaram perfeitamente. Espero que você aproveite essa forma deliciosa e nutritiva de fazer queijo tanto quanto eu.

Kelston, aproveitamos muito! E gostamos tanto que já fizemos duas vezes. Na segunda, usamos o queijo como recheio de ravioli, junto com cogumelos salteados. Ficou d-e-m-a-i-s!

Receita via Tropical Vegan - Tradução livre minha.

11 comentários:

Kelston disse...

ESPETACULAR! Ficou lindo. Obrigado pelo carinho :-)K

Andréa N. disse...

Valeu, Kelston!

Leandro disse...

parece muito bom mesmo!

Andréa N. disse...

Leandro, ficou um espetáculo. Já fizemos duas vezes. É MUITO bom!

marinacorbucci disse...

Andréa, tô querendo dar uma olhada no post original (do Kelston), mas não tô achando. Se vc tiver, me manda por favor? Brigada, bjs.

Andréa N. disse...

Marina, ta aqui: http://tropicalvegan.blogspot.com/2009/08/almond-cheese-w-herb-oil.html

Luz disse...

Andréa ficou com uma cara ótima, e deve ser muuito bom!
Essa receita da massa de ravioli aonde eu encontro?!

Agradecida :)

RIBEIRO disse...

Andréa, segui a receita até o processamento, pois queria um creme mesmo. O resultado é simplesmente maravilhoso! Como você descreveu, os sabores se combinam perfeitamente! Da próxima seguirei à risca toda a receita. Parabéns pelo blog!

Andréa N. disse...

Obrigada, pessoal!!

Luz, a receita do ravioli da Dynise eu não tenho permissão da autora pra postar, mas logo logo posto uma receita caseira aqui.

Ribeiro: que bom que vc curtiu! Qdo puder faça sim a receita inteira. É um espetáculo. Obrigada!

Por horas Pathrika....noutras Virginie'sband disse...

Olá, Adorei seu blog e receitas, nesse queijo posso utilizar castanha do pará ou outra castanha?

Só não consegui abrir os sites que indicas sobre alimentação vegana pra pets, tens como verificar os links?

Já agradeço... ;)

Andréa N. disse...

Obrigada!! Vou verificar os links. Olha só, eu segui essa receita à risca. Nunca tentei fazê-la com outra castanha. Acho uma ótima idéia. Por que você não tenta e depois me conta? Eu adoro castanha-do-Pará. Acho que deve dar certo sim. Beijos e bem-vinda!

Posts similares

Related Posts with Thumbnails