sexta-feira, 8 de maio de 2015

Kafta de forno

Quem não gosta de comida árabe, bom sujeito não é. Receita incrível e muito fácil da Paula Lumi para o Presunto Vegetariano. De nada. 


Ingredientes:

 

2 xícaras (de chá) de proteína de soja texturizada pequena
1 cebola média
1/2 xícara (de chá) de azeite
1 colher (de sopa) de orégano
1 colher (de sopa) de hortelã desidratada
1 colher (de sopa) de vinagre branco
2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
Sal a gosto
Pimenta a gosto

Modo de Preparo:

 

Primeiramente hidrate a proteína de soja da forma como preferir, eu usei 3 xícaras de água. Bata esta proteína de soja depois de hidratada com a própria água mesmo em um liquidificador. Em seguida lave bem e escorra.

Coloque em uma vasilha, rale a cebola, e acrescente o azeite, o orégano, a hortelã desidratada, o vinagre, e tempere com sal e pimenta a gosto.

Cubra a vasilha com filme e deixe descansar na geladeira por cerca de 3 horas, para o tempero curtir bem.

Retire da geladeira e adicione a farinha de trigo e misture bem.

Unte uma assadeira com azeite e envolva os palitos com a mistura, em seguida disponha-os um a um sobre ela.

Regue com um pouco de azeite e asse em forno médio pré-aquecido por cerca de 20 minutos, em seguida vire as kaftas para assar uniformemente. Deixe assar por mais 15 minutos ou até dourar e está pronto!!

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Somos todos iguais

Separating a child from his mother is a horrible act. To think some people make a living of it - is just crazy...More important videos: Best Video You Will Ever See

Posted by Best Video You Will Ever See on Monday, April 27, 2015

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Por que eu não como mel


Seria meio óbvio que um vegano, aquele que não deseja participar do uso de nenhum animal, não comesse mel. Mas alguns ainda o fazem. Eu não me incluo nesse time. E gostaria de esclarecer o porquê.

O primeiro grande motivo é esse que eu falei aí em cima. Eu não desejo participar de nenhum tipo de uso animal. Por isso, não consumo mel. Simples assim.

Mas para quem acha que não há mal nenhum na apicultura, e tem gente que inclusive pensa que essa é uma atividade importante para a saúde das pessoas e para o meio-ambiente (hein?!), aqui tem bastante informação a respeito. Informação é poder. De nada.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Substituindo os ovos - Parte 3

Tabelinha maneira. Simples e prática. Você não precisa participar dessa indústria cruel, que escraviza aves jovens e adultas e destrói pintinhos sem piedade. Seja vegano/a e alimente-se com saúde, sabedoria, compaixão e sabor!




segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Couve-flor gratinada


Eu me baseei nesta receita, mas mudei um pouquinho. E ficou um absurdo de gostosa. Minha receita ficou assim:

Ingredientes (Serve 4 porções generosas)
  • 1 couve-flor grande cortada em floretes
  • 1/2 cebola grande, picada
  • 1 xícara e 1/2 de leite de aveia caseiro
  • 1/2 xícara de levedura nutricional
  • 1/2 xícara de farinha de rosca (eu usei Panko comprado pronto, mas a Elaine ensina a fazer aqui)
  • Sal e pimenta a gosto
  • Azeite de oliva

Preparo

1. Pré-aqueça o forno a 220 graus Celsius. 

2. Coloque os floretes de couve-flor numa fôrma, pincele azeite por cima e polvilhe com um pouco de sal.

3. Asse por 15 minutos. Retire do forno e vire os floretes para assar por igual. Asse por mais 15 minutos até ficarem dourados. 

4. Enquanto isso, refogue a cebola numa frigideira grande com 1 colher (chá) de azeite por uns 5 minutos. 

5. Acrescente o leite de aveia, diminua o fogo e misture o leite com a cebola até engrossar um pouco.

6. Acrescente a levedura nutricional, o sal e a pimenta. 

7. Jogue a couve-flor nessa mistura e mexa até que fique tudo completamente envolto e cremoso.

8. Transfira essa mistura para uma assadeira como a da foto. 

9. Polvilhe a farinha de rosca por cima.

10. Asse em 220 graus por mais 20 minutos. 


Além de ter baixo teor de calorias e ser rica em fibras,  a couve-flor também é rica em vitamina C, que protege o nosso sistema imunológico, vitamina A, que é essencial para a nossa visão, e vitamina B6, responsável pela produção de neurotransmissores e muito importante para o metabolismo de proteínas. 

O leite de aveia é rico em cálcio, ferro, potássio, sódio, magnésio, fósforo, zinco, proteínas e vitaminas do complexo B.

Esse prato delicioso é super saudável e 100% livre de exploração e sofrimento animal, o que o torna ainda mais saboroso. :-) Aproveite!

 

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Caldo Verde

Caramba, o blog anda tão abandonado... falta de tempo TOTAL. Mas essa receita simplérrima eu não poderia deixar de compartilhar. A receita original eu peguei no Cantinho Vegetariano, mas usei mais alho e no lugar das batatas, usei cenoura e batata doce. O "paio" é simplesmente a linguiça vegana frita, que nessa sopa fica um espetáculo.

Sirva com um bom vinho verde português e saboreie na companhia de quem você ama. ;-)
E bom inverno!

sábado, 22 de março de 2014

Penne ao molho cremoso de abóbora


Ingredientes para o molho de abóbora

1 abóbora média, descascada e cortada em cubos pequenos
2 xícaras de caldo de legumes
3 dentes de alho inteiros, sem pele
1 colher (chá) de levedura nutricional (opcional)
1/4 de xícara de leite de amêndoas (ou substitua por creme de leite vegano)
Pitada de pimenta caiena
Pitada de sal

Numa panela grande, cubra a abóbora com o caldo de legumes e deixe ferver. Jogue ali dentro os 3 dentes de alho sem casca. Diminua o fogo e deixe cozinhar em fogo bem baixinho até ficar macia, uns 20 minutos.

Bata tudo com um mixer ou no liquidificador. Acrescente a levedura nutricional, o leite (ou creme de leite), pimenta e sal. Misture e transfira para a panela. Quando o penne estiver pronto, de acordo com as instruções do pacote, escorra e jogue a massa dentro do molho. Em fogo baixo, mexa tudo só pra misturar e aquecer. Guarneça com um folhinha de sálvia orgânica do quintal. :)

A inspiração veio dessa receita.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Viva o Dia Mundial SEM Carne!

Hoje se comemora o Dia Mundial Sem Carne. Aproveite então a oportunidade para tornar-se vegano/a. Se você pesquisar um pouquinho, vai descobrir que há tanto ou mais sofrimento e exploração animal no consumo de laticínios e ovos. Não pense que parando de comer carne, mas continuando a usar quaisquer produtos animais, do consumo de um simples iogurte ao uso de sapatos de couro e blusas de lã, você estará ajudando nossos amigos não-humanos. Não estará não. A prisão e a matança são as mesmas. O único caminho para salvá-los da escravidão e da tortura é o veganismo. Saiba mais aqui.


quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Nhoque de mandioquinha ao pesto


Esse nhoque é ridiculamente fácil de fazer e fica tão bom. Tudo com mandioquinha fica bom, néam? Faça-o no dia 29 de qualquer mês e não esqueça de colocar uma grana embaixo do prato. Vai deixar o nhoque mais gostoso, garanto. ;-)

Nhoque

Use 500g de mandioquinha (também conhecida como batata baroa) - isso é o equivalente a 6 ou 7, descascadas e cozidas em água com um pouco de sal e azeite. Quando estiverem macias, descarte a água e amasse a mandioquinha na panela mesmo, como se fosse fazer um purê. Ligue o fogo bem baixinho, só por 1 ou 2 minutos, pra secar bem todo o  líquido. Desligue o fogo, adicione 1 xícara de farinha de aveia (ou aveia em flocos finos) e misture bem, com as mãos se preferir, e corrija o sal e a pimenta a seu gosto.

Faça rolinhos compridos de mais ou menos 1,5cm de diâmetro e corte em pequenos retângulos de 2cm. Cozinhe o nhoque em água fervente com sal até que eles subam à superfície da água - uns 3 minutos. Não falei que era fácil? A aveia dá a liga perfeita. Rende de 4 a 5 porções, dependendo da fome.

Molho pesto

Já fiz esse molho de várias maneiras diferentes, mas encontrei esta receita e acho que é a minha favorita. Pra ver as anteriores, basta clicar em "Molho Pesto" na lista lateral aqui do blog.

Bata umas 5 ou 6 vezes no modo pulsar do processador 2 xícaras de manjericão fresco, 1/2 xícara de pinoli ou nozes, e 2 dentes de alho. Agora ligue no modo normal e vá adicionando azeite devagarinho, no total de 1/2 xícara. Acrescente um pouquinho de sal, pimenta, 1 colher (sopa) de limão e 2 colheres (sopa) de levedura nutricional. Pulse mais algumas vezes. Experimente e corrija sal, pimenta, etc. Pronto! Rende 1 xícara cheia.

Obs.: A receita original pede 3 colheres de levedura nutricional, mas eu achei demais. Além disso, não se preocupe se você não tiver levedura nutricional. Já devia vender no Brasil, mas acho que ainda não se encontra por aqui.

Agora, misture com cuidado o molho pesto no seu nhoque sensacional e bem brasileiro de mandioquinha e sirva para impressionar amigos, familiares, namorada/o, sogra/o, vizinha/o, etc.


segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Woody Harrelson


Todo ano, dezenas de milhares de animais sofrem e morrem em testes de laboratórios para cosméticos e produtos domésticos, apesar do fato de que os resultados desses testes não ajudam a prevenir ou tratar o uso incorreto, acidental ou proposital, dos produtos. Por favor, junte-se a mim e use a sua voz por aqueles cujos gritos são sempre abafados por trás das portas dos laboratórios. - Woody Harrelson


Posts similares

Related Posts with Thumbnails